Durante os próximos dias, Bárbara Guimarães vai assumir a condução do programa "Júlia". A substituição formalizou-se depois de Júlia Pinheiro ter estado em contacto com uma pessoa infetada com a doença da COVID-19, e foi comunicada esta terça-feira, 6 de junho, por Bárbara Guimarães no arranque da emissão do programa.

"Está tudo bem com a nossa Júlia, mas a verdade é que esteve em contacto com um caso positivo à COVID-19 e, seguindo as recomendações da Direção-Geral da Saúde [DGS] tem agora de ficar em isolamento [profilático]", explicou a nova apresentadora do formato, ainda que de forma temporária, antes de o programa "Júlia" começar.

Goucha alia-se a Suzana Garcia nas autárquicas. Anúncio causa polémica
Goucha alia-se a Suzana Garcia nas autárquicas. Anúncio causa polémica
Ver artigo

Júlia Pinheiro estará ausente do seu programa durante o tempo que for necessário para cumprir isolamento, soube a MAGG junto da SIC. A longevidade (ou a necessidade de prolongar esse período) será sempre definida pela autoridade de saúde e a apresentadora encontra-se, nesta fase, a cumprir todas as recomendações e diretrizes dadas pela DGS.

Enquanto estiver ausente, Bárbara Guimarães vai assumir a condução do programa durante as tardes de segunda-feira a sexta-feira, confirmou a SIC à MAGG.

A pessoa infetada em questão com quem Júlia Pinheiro terá estado em contacto será, alegadamente, a sua filha, segundo escreveu alguma imprensa nacional. No entanto, essa informação não foi confirmada oficialmente quer pela apresentadora ou pela SIC.

"Júlia", um programa intimista de conversas francas com a apresentadora, preenche as tardes do canal desde outubro de 2018.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.