Das eleições diretas internas dos próximos dias 15 e 16 de dezembro resultará o próximo líder do Partido Socialista e cabeça de lista às legislativas de março de 2024. Os dois principais candidatos, José Luís Carneiro e Pedro Nuno Santos, têm-se desdobrado em entrevistas para televisão, rádio, podcasts e imprensa, sempre num registo mais formal e jornalístico.

Das eleições antecipadas às escutas em que António Costa é "Deus". 5 pontos para entender o panorama político
Das eleições antecipadas às escutas em que António Costa é "Deus". 5 pontos para entender o panorama político
Ver artigo

A partir da próxima semana estrear-se-ão no infotainment. De segunda, 11 a quarta-feira, 13, os três candidatos à liderança do PS vão estar no "Esta Manhã", o formato matutino da TVI, onde serão entrevistados por Sara Sousa Pinto e Nuno Eiró. O programa, que cruza informação com entretenimento, será um palco para Daniel Adrião, José Luís Carneiro e Pedro Nuno Santos exporem as suas propostas mas num registo mais descontraído. O primeiro a ir ao "Esta Manhã" será Pedro Nuno Santos, seguido de José Luís Carneiro e, depois, Daniel Adrião.

Estas eleições diretas internas do PS acontecem na sequência da demissão de António Costa do cargo de primeiro-ministro, a 7 de novembro, após o envolvimento do seu nome na Operação Influencer. O chefe de governo, que é oficialmente demitido esta quinta-feira, 7 de dezembro, anunciou que não se iria recandidatar nas próximas legislativas, deixando assim em aberto a questão da liderança do Partido Socialista.

As eleições acontecem nos dias 15 e 16 de dezembro e o PS reúne-se em congresso entre 5 e 7 de janeiro, em Lisboa. José Luís Carneiro é o atual ministro da Administração Interna, Pedro Nuno Santos é deputado e ex-ministro, e Daniel Adrião é dirigente socialista e CEO da startup Educanology.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.