Ana Raquel parece ser o novo ódio de estimação dos espectadores da segunda temporada de “Casados à Primeira Vista”, o programa da SIC que estreou no domingo, 13 de outubro. Basta ler a quantidade de comentários odiosos que lhe deixam na página de Instagram do programa para perceber isso. A forma como este "Casados" tem sido editado não a ajuda propriamente, e quase sempre que Ana Raquel tem aparecido no ecrã está a queixar-se ou a dizer mal de qualquer coisa. Ela não está satisfeita com o marido que lhe escolheram, ela não gosta de tirar fotos, ela não gosta da estrada que tem de pisar, ela não gosta da comida, ela não gosta da diferença de idades, enfim, Ana Raquel tem-se queixado de tudo e mais alguma coisa. A imagem que tem passado é a de uma mulher antipática, enjoadinha e de mal com a vida. Pode até nem ser verdade, mas é a imagem que o programa está a passar.

"Casados à Primeira Vista". Pipoca mais Doce comenta 19 momentos hilariantes do programa
"Casados à Primeira Vista". Pipoca mais Doce comenta 19 momentos hilariantes do programa
Ver artigo

Na primeira emissão especial após a estreia, emitida esta madrugada, de segunda para terça-feira, 14 para 15 de outubro, o programa mostrou o casamento de Ana Raquel, 42 anos, com Paulo, 51. E foi evidente a insatisfação, irritação e desconforto de Ana Raquel com tudo: com o marido que lhe escolheram, com o espaço, com o copo d’água, com a sessão fotográfica.

Antes, a funcionária administrativa de Aveiro falou sobre as relações que já teve no passado, que não resultaram. “As pessoas com quem eu me identifico mais não querem assumir uma relação”, queixou-se. O Coach sentimental do programa Fernando Mesquita explicou que foi precisamente por essa razão que escolheram alguém com um perfil diferente daquilo a que Ana Raquel estava habituada. “Ela tem um padrão de relações com outras pessoas com uma idade inferior. Isto foi feito pelos especialistas no sentido de ela ter uma experiência com alguém mais maduro, que eventualmente lhe possa trazer outras coisas que as relações anteriores não lhe deram”.

Ana Raquel diz que o noivo não tem nada a ver com ela e com os gostos dela

A lógica foi simples: se com o perfil de que ela gosta não resultou, vamos tentar com outro. Mas a reação imediata de Ana Raquel não foi simpática para Paulo. “Não me agrada. Nada, nada”, disse a noiva. “De cima a baixo, não tem nada a ver com o que eu idealizo ou com o que eu gosto. Não tem nada a ver comigo”. Ana Raquel manteve as queixas ao longo de quase todo o programa, complementando-as com expressões de quase desprezo dirigidas a Paulo. “Estou desconfortável. Sinto-me mal. A sério… não me sinto nada bem”, continuou.

"Casados à Primeira Vista". Toda a história do date que correu mal entre Marta e Luís
"Casados à Primeira Vista". Toda a história do date que correu mal entre Marta e Luís
Ver artigo

A coisa não melhorou no momento em que foram tirar as tradicionais fotografias dos noivos. “Não sou dada a fotografias, detesto isto”, voltou a protestar. “É muito estranho estar a fotografar com uma pessoa que não conheço de lado nenhum”, continuou Ana Raquel, perante um olhar que andava ali entre o desiludido e o espantado de Paulo. A mulher admitiu mesmo que não lhe estava a fazer a vida fácil. “Eu não sou muito fácil de lidar”.

Lídia, a madrinha da noiva, também se apercebeu logo de que a amiga não tinha ficado feliz com o dia do casamento, e sobretudo com o noivo que os especialistas lhe escolheram, mas acredita que a coisa não vai morrer já por aqui. “Ele já se apercebeu que ela não gostou dele. À primeira vista, ela ficou retraída. Mas vai dar oportunidade de ele a conhecer, de certeza absoluta”.

A dona Mena, a bruxa má e os pombinhos. O bom, o mau e o mais divertido da estreia de “Casados à Primeira Vista”
A dona Mena, a bruxa má e os pombinhos. O bom, o mau e o mais divertido da estreia de “Casados à Primeira Vista”
Ver artigo

A julgar pelas reações continuadas de Ana Raquel, a coisa não vai ser fácil. Ainda na sessão de fotos protestou com o piso — “a sério que não tinham outra estrada para eu caminhar?” —, protestou com o jantar — “eu não gosto disto, aliás, eu nem sei o que isto é” (era um bife de atum) —, protestou com a cerimónia — “esta música não tem nada a ver, e se puserem algumas danças de valsas para ir dançar, eu não vou dançar, digo-te já”.

Já a caminho da conservatória, quando ia ao lado da irmã, que também se casou no programa, Ana Raquel voltou a focar-se no marido. “Ele é quase 10 anos mais velho do que eu.

E é de Lisboa, eu sou de Aveiro. Nunca na vida eu me mudo para Lisboa. Se ele quiser ir para lá viver, pode ir para Aveiro”, queixou-se à irmã. A filha de Paulo também deu conversa entre as duas. “E ele tem uma filha de 17 anos. Eu sei lá se vive com ele, se não vive com ele”.

Quem já se apercebeu de tudo foi Paulo, claro, que embora se sinta um pouco incomodado tem esperança de que as coisas mudem, e até entende a reação inicial de Ana Raquel. “A situação não deixa de ser um bocadinho estranha. Somos duas pessoas que não se conhecem, não sabem se hão-de se tocar. Isto é natural”.

Veremos como vai evoluir.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.