Infotainment. A expressão é utilizada para descrever um formato televisivo que mistura informação e entretenimento, um conceito bastante popular nos Estados Unidos — algo retratado na série "The Morning Show", da Apple TV —, mas pouco conhecido em Portugal. Até esta segunda-feira, 1 de fevereiro, dia em que a TVI estreia "Esta Manhã", o novo programa das manhãs da estação de Queluz de Baixo, que ocupa a faixa horária das 7h às 10h.

Conduzido por Nuno Eiró e Sara Sousa Pinto, a aposta da TVI no infotainment arrancou com um genérico com toda a equipa a acordar um casal comum, de forma a mostrar um pouco de todas as vertentes do programa. Sim, porque para além de Sara e Nuno, "Esta Manhã" conta com o jornalista Pedro Carvalhas, responsável pelos blocos de informação, Iva Domingues, a cara do Pop News, um segmento de notícias de celebridades com bastantes semelhanças ao canal E!, e ainda Susana Pinto, que anda pelo País em reportagem.

TVI revoluciona horário entre as 7 e as 10. "Esta Manhã" é o novo programa que junta Nuno Eiró, Iva Domingues e Sara Sousa Pinto
TVI revoluciona horário entre as 7 e as 10. "Esta Manhã" é o novo programa que junta Nuno Eiró, Iva Domingues e Sara Sousa Pinto
Ver artigo

"As notícias são apenas metade da história" é a citação que surge no ecrã ainda antes de Nuno Eiró e Sara Sousa Pinto darem as boas-vindas aos portugueses, e é também a frase que caracteriza melhor o programa e o conceito, em que a informação se mistura com conteúdos mais leves e divertidos. E o exemplo disso é que no mesmo estúdio em que são revelados os números mortíferos da COVID-19 durante o "Jornal das 8", esta segunda-feira tivemos o Chakall e a Tia Cátia a fazer ovos mexidos e sumos de vitaminas.

Às 7h em ponto, o "Esta Manhã" começa com os destaques da informação, abordando temas como a punição por lei do uso indevido das vacinas, a ajuda da Áustria ao Serviço Nacional de Saúde ou o fecho das fronteiras. O grafismo que surge no ecrã é em tudo semelhante aos segmentos de informação, à exceção das cores, com um laranja mais leve a marcar uma diferença. De imediato, o programa arranca com Pedro Carvalhas com o primeiro bloco de notícias, algo que se repete sempre à hora certa, incluindo nas meias horas.

iva
Iva Domingues conduz o segmento Pop News créditos: Instagram

E se é de informação matinal que falamos, não podem faltar as previsões da meteorologia — com Nuno Eiró a revelar que sempre desejou dizer as temperaturas —, bem como o estado do trânsito com a ajuda do repórter Paulo Miranda, da Rádio Comercial, à imagem do que já acontecia nas antigas manhãs informativas da estação.

Corta para Susana Pinto, em direto do Porto, que anuncia que vai apresentar "projetos de encher o coração", focados em "ajudar quem mais precisa". Neste dia de estreia, a repórter deu a conhecer aos telespectadores a iniciativa portuense "Porta Solidária" que, em tempos de pandemia, distribuem cerca de 570 refeições diariamente a famílias.

Depois de conhecermos a estrutura da informação, a dupla Sara Sousa Pinto e Nuno Eiró passa para uma outra zona do estúdio, mais comum aos formatos de daytime convencionais , com dois cadeirões posicionados em frente a um pequeno móvel, com direito a livros, um rádio antigo e outros objetos de decoração.

"Vamos ser sérios agora?", pergunta Sara a Nuno, numa tentativa de marcar a passagem para a discussão dos temas informativos da manhã, da vacinação ao cancelamento de voos, embora num tom mais leve, de conversa. Sim, porque conseguimos saber que Nuno Eiró não vai ao Rio de Janeiro há muito tempo, enquanto a colega tinha muitas viagens marcadas para este ano, adiadas desde 2020.

Informação com boa disposição: a grande aposta das novas manhãs

"Para ser rigorosos, não temos de ser cinzentos", disse Anselmo Crespo, diretor de informação da TVI, e um dos convidados da estreia do "Esta Manhã". Em conversa com a dupla de apresentadores, Anselmo Crespo explica que o objetivo desta nova aposta é trazer "informação e rigor" aos portugueses, mas também muita boa disposição.

"As pessoas precisam de acordar bem-dispostas", disse o diretor, que acredita na boa junção de entretenimento e informação. "Nada nos obriga a estar maldispostos enquanto damos notícias. Queremos continuar a cumprir com a nossa missão de informar, trazendo uma outra disposição às pessoas, à imagem do que muitas rádios fazem."

Anselmo Crespo aproveitou também para acautelar os espectadores de que todas as medidas de segurança foram tomadas, com a equipa inteira a ser testada frequentemente, informação repetida várias vezes ao longo de todo o programa pelos apresentadores, que assim justificam a proximidade entre a própria equipa e os vários convidados, como Daniela Melchior, entrevistada a propósito da estreia de "Esquadrão Suicida 2", e os dois chefs de cozinha, Chakall e Tia Cátia.

A dupla de cozinheiros vestiu as cores do derbie lisboeta entre o Sporting e o Benfica, outro dos temas abordado no programa, que acontece na noite desta segunda-feira, e numa cozinha improvisada num estúdio de informação — sim, isto aconteceu mesmo — cozinharam um pequeno-almoço recheado para todos.

Nuno Eiró está mais fit do que nunca. "Quero chegar a velho o mais novo possível"
Nuno Eiró está mais fit do que nunca. "Quero chegar a velho o mais novo possível"
Ver artigo

Dos "Extra" do Big Brother para o "Esta Manhã", Iva Domingues é a cara das Pop News, um segmento de notícias de celebridades abordado três vezes ao longo da manhã, e onde a apresentadora teve a oportunidade de entrevistar Sara Sampaio desde Los Angeles, Estados Unidos, por Skype. A conversa foi curta, mas houve tempo para abordar a polémica em que a modelo internacional se viu envolvida, ao não conseguir votar para as presidenciais em território nacional, tendo mesmo de exercer o seu direito de voto na embaixada portuguesa em Nova Iorque.

duplas
As manhãs da TVI contam com duas novas duplas. créditos: Instagram

A manhã não terminou sem Pedro Carvalhas apresentar o novo rosto da informação da TVI: a pivô Sara Pinto é a nova cara do "Jornal da Uma", estreando-se na antena também esta segunda-feira. Para fechar o círculo das novas manhãs de Queluz de Baixo, Nuno e Sara receberam Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz, a dupla do "Dois às 10", em estúdio, e acabaram por fechar a emissão já no cenário do programa das manhãs, que se segue na grelha de programação, quase como se de uma passagem de testemunho se tratasse.

O desafio foi bem conseguido? Há espaço para melhorar na química dos apresentadores, que ainda roça o forçado, mas quem sabe se esta nova aposta não seja bem conseguida na ótica de conseguir pôr os portugueses mais atentos às notícias pela manhã. Resta saber se somos povo para gostar dos destaques do dia acompanhados de ovos mexidos — perdão, boa disposição.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.