Patrícia Gerardo é a grande vencedora da segunda edição de  "Hell's Kitchen",  o programa que todos os domingos, desde 2 de janeiro, marcou presença na grelha da SIC. A última emissão do formato aconteceu este domingo, 20 de março, e, à semelhança do que aconteceu no programa de estreia, voltou a juntar os 17 participantes na cozinha infernal de Ljubomir Stanisic.

Patrícia e Rafael foram os dois cozinheiros eleitos para disputar o primeiro lugar do pódio, mas todos os concorrentes foram convidados a ajudar os colegas a arrecadar a vitória.

Quem é quem na cozinha infernal de Ljubomir? Conheça os 17 novos concorrentes de “Hell’s Kitchen”
Quem é quem na cozinha infernal de Ljubomir? Conheça os 17 novos concorrentes de “Hell’s Kitchen”
Ver artigo

Assim que as portas da cozinha infernal de Ljubomir Stanisic voltaram a abrir, a 2 de janeiro, Patrícia Gerardo frisou que "umas semanas na cozinha do 'Hell’s Kitchen' não a assustavam" e as provas estão dadas: a cozinheira de 28 anos foi à final com Rafael Pombeiro, onde, lado a lado, mas um contra o outro, os dois finalistas chefiaram um último serviço desafiante. O chef? Não poupou elogios.

Na hora do veredicto final, depois do suspense que já o caracteriza, o chef ia expressando, em alto e bom som, o que lhe passava pela cabeça."Estou com muitas dúvidas. É uma coisa que normalmente não tenho e hoje tenho muitas dúvidas", avançou. "O serviço, tenho que vos dizer, correu bem dos dois lados", acrescentou.

O chef parabenizou ambos os finalistas por aquilo que "fizeram pela profissão de cozinheiro" e na hora de anunciar o grande vencedor foi direto ao assunto. "O vencedor da segunda temporada de Hell’s Kitchen e quem leva o carrinho é a Patrícia", anunciou. 

"Ainda estou a aceitar… fiz, cheguei e é meu", disse Patrícia, pouco depois de ouvir a decisão do chef. Já Rafael aproveitou o momento para agradecer ao chef  "a lição que lhe deu".

Segundo o site "A Televisão", a concorrente da Benedita acabou por decidir não trabalhar em nenhum dos restaurantes do chef, apesar de se ter consagrado a grande vencedora do programa. A decisão prende-se com o facto de querer gerir o seu próprio negócio de hotelaria na zona de Pombal.

Recorde-se de que Patrícia Gerardo vem da Benedita, mas já conta com um currículo internacional. Trabalhou sete anos em Bruges, na Bélgica, onde era chef de um restaurante, mas regressou a Portugal para abrir o seu próprio negócio, o restaurante Sazonal, em Pombal.

No próximo domingo, 27 de março, "Casados à Primeira Vista" regressa para uma terceira temporada.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.