“Kim vs. Kanye: The Divorce” está a chegar à HBO Max. O documentário em duas partes vai mostrar os “dois lados” sobre o divórcio de Kim Kardashian e Kanye West, através de imagens e declarações dos advogados envolvidos e amigos do ex-casal. Vai também mostrar uma cronologia da relação e do casamento da socialite e do músico e dos acontecimentos que levaram à separação.

Kim Kardashian escreve a Joe Biden e pede que intervenha nas tensões entre a Arménia e o Azerbaijão
Kim Kardashian escreve a Joe Biden e pede que intervenha nas tensões entre a Arménia e o Azerbaijão
Ver artigo

“Foi a maior notícia do mundo. Havia tanta coisa em jogo neste caso. Empresas multimilionárias, casas pelo país todo e quatro filhos. Por mais ridículo que pareça, eles são a nossa família real. O alegado motivo do divórcio foi ‘diferenças irreconciliáveis’. Aprendemos com este caso que aquilo era uma relação tóxica. O que diz sobre o carácter dele o facto de lutar pelo seu casamento? Ela teve de atravessar o fogo para poder ser livre”, ouve-se no trailer partilhado pela plataforma de streaming.

“O Kanye pode ser um artista rico e poderoso, mas ele nunca lidou com algo tão poderoso como a máquina jurídica das Kardashian. Durante o divórcio, ele deve ter recorrido a dez ou mais advogados, talvez mais. Ele não ia aceitar o fim do casamento de braços cruzados. Via-se nos olhos dela a dor que estava a sentir. Ela é calculista. Ele está a afundar-se. Quem é que o apoia? O Kanye está completamente sozinho no mundo”, continua.

Veja o trailer.

O documentário, que chega a 19 de setembro à plataforma de streaming, ilustra como o comportamento do rapper era “demasiado para Kim suportar”. Kanye tentou manter o casamento, tentando demonstrar o seu amor pela socialite quando esta já era legalmente solteira. O artista comprou uma casa perto da de Kim Kardashian, ofereceu-lhe milhares de rosas e declarava o seu amor nas redes sociais.

Virginia Gilbert, terapeuta especializada em divórcios de alto conflito, analisou este comportamento de Kanye West no documentário e afirmou que este ato “não tem que ver com amor”, mas sim com “inundar a outra pessoa de atenção para a poder controlar”. Contudo, os seus comportamentos preocupantes também podem ter sido desencadeados pela morte de Donda West, a mãe, que morreu devido a complicações de uma cirurgia plástica paga pelo rapper, revela o "Mirror".

Kim Kardashian e Kanye West conheceram-se em 2004 e tornaram a relação pública em 2012. Em maio de 2014, casaram-se em Florença, Itália, e em novembro de 2022 divorciaram-se após um processo de cerca de dois anos. O ex-casal tem quatro filhos, North, 10, Saint, 7, Chicago, 5, e Psalm, 4 anos.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.