No mesmo dia em que Cristina Ferreira estreava o seu novo programa na TVI, dava entrada em tribunal o processo da SIC contra a apresentadora. A estação de Paço de Arcos processa a diretora de Entretenimento e Ficção da TVI por incumprimento de contrato e pede 20.287.084,54 euros de indemnização.

De acordo com a Lusa, citada pelo Jornal Económico, o valor da indemnização contempla, além do incumprimento do contrato, prejuízos calculados por perdas de receitas em IVR (concursos com chamadas de valor acrescentado), publicidade, patrocínios e ações comerciais.

O prazo terminou e Cristina Ferreira não pagou indemnização à SIC. Saiba o que vai acontecer a seguir
O prazo terminou e Cristina Ferreira não pagou indemnização à SIC. Saiba o que vai acontecer a seguir
Ver artigo

Adivinha-se agora uma longa batalha judicial, uma vez que o acordo parece estar longe de ser alcançado. A SIC argumenta que Cristina Ferreira quebrou de forma unilateral a ligação contratual (que estaria em vigor até 2022). A apresentadora e acionista da Media Capital diz que, no seu contrato com a estação de Paço de Arcos, tinha uma cláusula que previa esta situação.

"Sinto-me salvaguardada juridicamente. Há lugar a uma indemnização que estava estipulada no meu contrato e da qual eu sei que vou pagar. Está escrito, eu pago. De resto, trataremos em tribunal, se for o caso", disse recentemente, em entrevista a Pedro Pinto, no "Jornal das 8".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.