Pedro Soá foi expulso do "Big Brother 2020" depois de um comportamento violento perante os outros concorrentes, e a decisão foi do próprio diretor de programas da TVI, Nuno Santos. A situação, que decorreu ao início da tarde, obrigou a uma reunião de emergência entre o canal de Queluz e a produtora Endemol, e culminou com a decisão comunicada ao final da tarde para dentro da casa da Ericeira.

"A decisão de expulsar o Pedro Soá foi minha, depois de vistas e revistas as imagens", explicou Nuno Santos à MAGG. A justificação é simples, e esteve à vista de toda a gente. "Tomámos esta decisão porque estamos perante um comportamento violento" de um dos concorrentes, algo que viola as regras e o espírito do programa. Embora Nuno Santos tenha tido a palavra final, a decisão não foi propriamente polémica. Nuno Santos ouviu "pessoas com responsabilidades na TVI e na Endemol" e "no essencial não houve dúvidas", contou o diretor de programas do canal de Queluz de Baixo.

Pedro Soá não foi expulso pela tentativa de agressão nem pelas palavras ofensivas que foi proferindo, foi mesmo por toda a sua atitude em geral. "Foi um comportamento violento em termos gerais. Houve um momento mais tenso, claro, mas é preciso olhar para a floresta e não para a árvore", explicou Nuno Santos.

"Big Brother 2020". Pedro Soá revolta-se contra Teresa e quase agride a concorrente. "Se não queres ouvir, vais-te embora"
"Big Brother 2020". Pedro Soá revolta-se contra Teresa e quase agride a concorrente. "Se não queres ouvir, vais-te embora"
Ver artigo

Este episódio acontece um dia depois de outro, muito polémico, em que a concorrente Sónia falou com o noivo, Vítor, que comunicou com ela pelo lado de fora do muro. A produção castigou a concorrente nomeando-a para uma possível expulsão no próximo domingo. Esta terça-feira, no entanto, Pedro Soá foi mesmo expulso. Nuno Santos não considera que haja aqui um tratamento diferenciado, mas apenas adequado à gravidade de cada situação. "Nós já tivemos várias sanções. Foram proporcionais e adequadas. Como esta", disse à MAGG. Não houve, por isso, uma necessidade de passar um sinal para a casa, um exemplo, para que situações destas não se repitam. Nuno Santos garante que esta decisão de expulsar Pedro Soá foi tomada "em função de um facto concreto".  "A expulsão pode ter impacto no grupo, claro, mas não foi isso que a determinou".

9 lições de liderança que uma criança de 10 anos entende, mas Pedro Soá não
9 lições de liderança que uma criança de 10 anos entende, mas Pedro Soá não
Ver artigo

Uma coisa é certa: sem os conflitos gerados por Pedro Soá, as audiências do programa podem cair. Mas isso não preocupa Nuno Santos, que não podia pôr esse fator "audiências" nesta balança. "Claro que podemos perder audiências, mas numa situação destas isso não podia entrar na equação".

Com menos um jogador, é possível que a TVI e a Endemol possam vir a recrutar mais um concorrente para a casa. Nuno Santos garante que, para já, "isso não está previsto".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.