André Filipe abriu o coração no programa "Goucha", da TVI, na quarta-feira, 1 de setembro. Depois dos comportamentos descontrolados e de quebrar as regras no "Big Brother — A Revolução", foi expulso do jogo e internado durante vinte dias, com um surto psicótico.

André Filipe faz retiro espiritual para fugir à depressão. "Sentia-me sozinho no mundo"
André Filipe faz retiro espiritual para fugir à depressão. "Sentia-me sozinho no mundo"
Ver artigo

O ex-concorrente confessa que sentia pressão para criar conteúdo e entreter os espectadores, no que diz ter sido uma ideia "50/50", isto é, em conjunto com a produção. "Acabei por ser devorado por aquilo que estava a criar. O que queria era criar momentos que ficassem eternos. A produção sabia que pouco dormia. Se calhar, se me tivessem reservado um pouco mais, eu aguentava mais tempo", conta na entrevista com Manuel Luís Goucha.

A mãe, Hélia Monteiro apoiou a participação do filho. "Pensava que poderia ser uma ponte para ele chegar ao elenco de uma novela, que era o sonho do André", conta. "O André é uma pessoa bastante criativa e criou uma personagem de modo a conseguir o objetivo dele. Acabou por se perder nessa personagem. E quando tentou sair já não conseguiu."

Na origem da pena máxima do reality show estiveram comportamentos como atirar um extintor para a piscina, partir equipamentos elétricos e riscar os muros da casa da Ericeira. "Perdi o controlo. Cheguei ao estado de exaustão. Quando fiz o que fiz no jardim, falei para as câmaras sobre aquilo que ia fazer. Sempre fui uma pessoa que gosta de quebrar regras", assume André Filipe, explicando que houve "muita coisa que não passou cá para fora". No entanto, é assertivo: "Não quero estar a falar disso, nem posso."

"Queriam-me obrigar a dizer: 'Eu desisto', mas eu não desisto de nada na minha vida"

A mãe, notando-o muito agitado e sem conseguir parar de falar, chamou o INEM e o ex-concorrente acabou por dar entrada no Hospital de São José, em Lisboa, onde lhe foi diagnosticado um surto psicótico. "O André não aceitava o internamento, não aceitava a medicação. Foi muito doloroso", recorda a Hélia.

Na entrevista à TVI, André Filipe fala do momento do internamento como um regresso à infância. "Levaram-me para uma sala onde estavam duas pessoas amarradas. E como já tinha vivido isso muito, quando era pequenino, lembrava-me de ir à ala psiquiátrica ver a minha mãe... estava ali um turbilhão. Estava ali tudo a mexer comigo." Perante a insistência dos médicos para tomar medicação, atirou mesas contra a parede e correu pelo Hospital. "Acabei amarrado", relata.

André Filipe do "Big Brother" e a namorada terminam relação. "Às vezes amar é deixar partir"
André Filipe do "Big Brother" e a namorada terminam relação. "Às vezes amar é deixar partir"
Ver artigo

Um ano depois do episódio, a mãe do ex-concorrente vê-o "muito feliz" e "verdadeiramente apaixonado". Quase no final da entrevista, Manuel Luís Goucha provoca André Filipe, que acaba por assumir o namoro com Anuska, irmã de Iury, ambas ex-concorrente do reality show.

Apesar de se considerar bem resolvido com a vida, a infância de André Filipe foi marcada por um cenário de violência doméstica entre os pais e pelas tentativas de suicídio da mãe.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.