Esta quarta-feira (12), Jordana Jardel, irmã mais nova de Super Mário, falou com a MAGG acerca da prestação do ex-craque no "Big Brother Famosos". Apesar da distância, mantêm, de acordo com a empresária de 36 anos, uma relação de proximidade. Esta foi afetada na altura em que Mário Jardel se tornou toxicodependente, uma batalha que escondeu da família.

"Ele sempre tentava encobrir da família, da minha mãe, e eu só vim a descobrir mais tarde", contou Jordana à MAGG. "Foi um choque para todos nós. Nunca esperávamos isso", confessa, explicando que a família apenas soube que Mário consumia drogas quando essa informação começou a ser divulgada pela comunicação social.

Irmã de Jardel. "Ele está um bocado perdido ainda. Acho que tem medo de confiar nas pessoas"
Irmã de Jardel. "Ele está um bocado perdido ainda. Acho que tem medo de confiar nas pessoas"
Ver artigo

"A gente só descobriu depois que saiu nas notícias", esclareceu Dana, como lhe chama o irmão. "Eu era mais nova", relembra, na altura em que Mário Jardel consumia. Em entrevista à Record TV, o antigo jogador do Sporting e do FC Porto revelou detalhes sobre a sua jornada com as drogas, que terá começado, de acordo com o mesmo, no final dos anos 90. Assumiu o vício publicamente em 2008, altura em que já consumia há cerca de dez anos.

"Fui provar a cocaína e caí nessa armadilha", contou Mário Jardel

"Eu já bebia. Aí, depois fui provar a cocaína e caí nessa armadilha", contou na mesma entrevista, em 2019. "A primeira vez foi aqui em Fortaleza. Eu não morava aqui, foi numas férias. Eu jogava no FC Porto [1996-2000]. Estava numa fase profissional excelente. Aí veio a curiosidade, aquela sensação da cocaína", descreveu o brasileiro.

A notícia de que ficaria de fora do Campeonato do Mundo e a separação de Karen Ribeiro, com quem esteve casado desde 1995 e 2002, foram momentos complicados para o ex-craque. "A separação fez com que me abalasse, fui fraco, admito", revelou. "Entrei numa fase cruel, gastava muito dinheiro, sem responsabilidade, carente, chorava", adiantou também na mesma entrevista.

A overdose que sofreu em 2011 quase colocou um fim à sua vida. Desde então, trava uma batalha diária contra a dependência, embora garanta estar "limpo dessas substâncias" que experimentou "por curiosidade". "Ele se sente muito culpado de ter feito isso, porque bem ou mal acabou por prejudicá-lo muito a ele e às pessoas que estavam ao redor dele", disse a irmã mais nova à MAGG.

"As pessoas que veem por fora só sabem julgar, só sabem ver o lado ruim da história, mas não sabem ver porque é que ele fez isso, o que ele passou", atenta Jordana, que diz atualmente receber "muitas mensagens de gente que diz que está com ele, independentemente do que ele fez". "Tenho muito orgulho dele", afirma.

"Ele teve de trabalhar muito para poder aceitar o que fez", revela a irmã

"Cada dia que passa é um novo dia para ele, é um recomeço, é uma batalha, é uma superação", acredita a irmã. Neste momento, Mário Jardel "está mostrando a vontade de vencer, de não ter vergonha de assumir o que ele fez. Ele teve de trabalhar muito para poder aceitar o que fez. Ele é muito forte, pode fraquejar uma vez ou outra, porque é um ser humano e todo o ser humano erra", lembra Jordana Jardel.

Um dos pilares de Mário Jardel durante esta batalha, segundo o mesmo, é Sandra, a sua companheira. Já dentro da casa do "Big Brother", o ex-futebolista revelou ter planos para casar em março deste ano, em Lisboa. A irmã, Jordana, explicou à MAGG que este casamento já era para ter acontecido.

"Eles eram para ter casado há dois meses. A minha cunhada tinha pedido para eu ajudar com o vestido de casamento para a cerimónia no civil", esclareceu a empresária de 36 anos. "Mas acabou por ser adiado", concluiu. Ainda assim, Super Mário faz tenções de dar o nó no final do programa e já convidou todos os colegas a estarem presentes na cerimónia.

"Ele pretende voltar a morar em Portugal. Ele adora Portugal"

"A minha esposa, quando sair daqui, vai casar-se comigo. Vai ter uma festa", garantiu aos outros concorrentes. O casamento acontecerá em Lisboa, "porque ele pretende voltar a morar em Portugal. Ele adora Portugal", justificou Jordana à MAGG, também ela apaixonada pelo país que considera a sua "segunda casa" a que retorna sempre que pode.

Neste momento, Jordana Jardel reside na Suíça com a filha, Jasmine, de quatro anos. Foi há cinco que deixou Portugal, onde o trabalho na área da moda "não estava fluindo". Assim que puder, Jordana tenciona regressar: "Tenho sempre em mente voltar para Portugal, mas não sei quando". A empresária veio viver para Portugal quando o irmão começou a jogar no FC Porto.

"Nunca deixei de estar ligada à moda", assegurou-nos a irmã de Jardel. Jasmine, a filha, já partilha a mesma paixão pela moda. Portugal, o país para onde vem sempre que pode, segundo nos garantiu, pode estar prestes a receber uma visita de Jordana, que planeia ir a algumas das galas de domingo à noite do "Big Brother Portugal" para apoiar o irmão. "A todas eu não garanto que eu vou, mas eu devo ir a algumas", esclareceu.

Veja como está Jordana Jardel

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.