Jaciara Dias foi expulsa do "Big Brother — Desafio Final" no passado domingo, 8 de maio. Os 53% de votos que acumulou ditaram que deveria abandonar a casa em vez de Nuno Homem de Sá, que apenas reuniu 47%. Cá fora, esta terça-feira, 10, a brasileira esteve à conversa com os jornalistas sobre aquilo que viveu na casa mais vigiada do País.

O "Desafio Final" marcou o regresso de Jaciara aos reality shows da TVI. A empresária já havia integrado o leque de concorrentes do "Big Brother Famosos 1", que teve início a 2 de janeiro e terminou a 26 de fevereiro. Esta participação ficou marcada por conflitos com Nuno Homem de Sá — e ambos voltaram para a nova temporada.

Jaciara Dias perde duelo contra rival Nuno Homem de Sá e é expulsa do "Big Brother — Desafio Final"
Jaciara Dias perde duelo contra rival Nuno Homem de Sá e é expulsa do "Big Brother — Desafio Final"
Ver artigo

Antes de começar o desafio, segundo Jaciara, Nuno terá entrado "diversas vezes" em contacto com a brasileira com o intuito de formar uma aliança, bem como "outro concorrentes" cuja identidade não revelou. "Eu neguei por lealdade e pelo meu caráter com a TVI", justificou, afirmando que, ao assinar o contrato, não se achou "no direito" de confirmar que participaria no "Desafio Final".

Deste modo, e por "deixar muito claro na casa" que não iria firmar quaisquer alianças, acredita que se tornou "a presa mais fácil" para Nuno Homem de Sá, já que "ele não conseguiu, de forma alguma, manipular o restante da casa". Jaciara crê que Nuno terá ficado "chateado" graças a esta rejeição.

"Já chorei e estou triste, porque não queria ter saído de jeito nenhum"

De acordo com o que contou aos jornalistas, Jaciara apenas aceitou o convite da Endemol para regressar à casa depois de alguém cá fora (não revelou quem) lhe ter prometido que "não seria o alvo do Nuno" e que "não seria atacada". "Mas infelizmente, não foi cumprido", alertou, transtornada.

"Se fosse para passar de novo por essa situação, não faria sentido nenhum eu deixar a minha família para estar aqui", concluiu. A ex-mulher de Deco não tem dúvidas: embora gostasse de voltar a participar num reality show, não o fará caso Nuno Homem de Sá seja um dos participantes. Considera "ter voltado a participar junto com o Nuno" um dos seus "maiores erros". "Porque as minhas questões com Nuno não estavam resolvidas", justificou.

Decidiu entrar no reality show para "viver uma experiência diferente" daquela que vivera na edição anterior, algo que acabou por acontecer, já que conheceu um grupo novo e distinto. "Já chorei e estou triste, porque não queria ter saído de jeito nenhum dessa casa", confidenciou, algo que não aconteceu no "BBF1", do qual "estava ansiosa para sair".

"Estou realmente triste, sentindo muita falta, com muita saudade. Fiquei com aquele gostinho de 'quero mais'", afirmou. Ainda assim, "aconteceram várias coisas internas" antes de embarcar neste "sonho". " Não era para eu estar aqui, mas, quando dou a minha palavra, eu cumpro", reforçou. "Tirei dinheiro até do meu bolso. A minha entrega foi muito forte", sublinhou também.

"Se tivesse entrado na casa sem ter três concorrentes que me julgam o tempo todo, acho que poderia ter chegado até à final"

Jaciara sente que não foi "tão compreendida aqui fora". "Tenho certeza de que faço muita falta para aquela casa", disse. Mesmo não querendo sair, já esperava este desfecho. "Sabia que, pela casa, eu não iria sair, porque a preferência sempre foi minha", começou por dizer, mas foram os espectadores a decidir e não os colegas.

A brasileira argumenta que, quando enfrentou Nuno Homem de Sá na "chapa", no "BBF1", acabou por ser salva. Porém, desta vez, a oportunidade terá sido dada a Nuno para "ficar no jogo e mostrar um pouco mais o jogo dele". "Se tivesse entrado na casa, dessa vez, sem ter três concorrentes que me julgam o tempo todo, acho que poderia ter chegado até à final e ter mostrado realmente quem eu sou", declarou.

Refere-se a Nuno Homem de Sá, a Leandro e a Catarina Siqueira, tendo esta última sido a "maior decepção" após afirmar ser amiga de Jaciara, mas o mesmo, para a brasileira, não corresponder à realidade. "A Catarina, por trás, não era nada daquilo", disse, referindo conversas que a atriz terá tido com outras pessoas sobre si.

A ex-mulher de Deco alega ter sido vítima de bullying por parte de "todo o mundo da casa na outra edição", à exceção de Kasha e de Jorge Guerreiro. Nega a acusação de utilizar a vitimização como estratégia de jogo (em ambos). "Não sou vítima, sou vencedora."

"Sou uma pessoa que adora brincar, que respeita o espaço dos outros e que estava ali para levar alegria para casa. Não fui com nenhum tipo de estratégia e acho que foi um dos fatores que me tirou da casa", concluiu.

"Não sou atriz, não estou ali para fazer um papel"

Considera que esteve rodeada de "concorrentes fortes" e, desta feita, não sentiu ter sido alvo de preconceito. Apenas "algumas coisinhas das falas do Leandro e do Nuno", mas do novo grupo não, "pelo contrário". "Eu me senti muito amada e por isso é que fiquei tão triste de ter saído da casa", disse, destacando o "acolhimento" de Pedro Guedes, Francisco Macau e António Bravo.

Para Jaciara, Nuno é "um excelente jogador" e "uma pessoa que vive mesmo do reality show". "Ele sabia usar a estratégia mais certa para me tirar", apontou, relembrando. "Aquelas desavenças que eu tive com ele eu não tive com ninguém mais na casa, porque sou daquela forma."

"A estratégia do Nuno agora é mostrar que é uma pessoa melhor, que não é pica-miolos", algo que, segundo Jaciara, não se verifica. "E, se tiver passar por cima de alguém para chegar no objetivo maior dele, ele faz sim", assegurou. A brasileira crê que Nuno procurou atingir os "pontos" que sabia que iriam "doer muito" a Jaciara com o intuito de fazer com que esta saísse "do eixo".

Depois de uma discussão com o ator, a empresária dirigiu-se ao confessionário, onde teve uma "crise de choro muito forte, de ansiedade, de pânico" e onde pediu ao anfitrião para sair. "Pedi para falar com alguém da minha família, com a minha agente, porque a minha sanidade mental vale muito mais do que qualquer prémio", contou, tendo optado por permanecer no desafio.

"Não quero prejudicar o Nuno. Só quero que tenha consciência das palavras dele"

"Não sou atriz, não estou ali para fazer um papel, para criar uma Jaciara que não é real, por isso eu fui atacada mais uma vez", calculou. Na semana passada, Jaciara afirmou que iria abrir um processo contra Nuno Homem de Sá. Agora, explicou que os seus advogados já se encontram a tratar do assunto.

Pretende ter acesso às imagens para poder defender-se e "zerar de uma vez esse assunto com o Nuno". "Não quero tomar nenhuma atitude baseada na emoção", avisou, acreditando que o ator pretende "denegrir um pouco" a sua imagem. "O Nuno tem que ter um pouco de cuidado com as palavras" e também com as "brincadeiras sem graça".

A empresária revelou que foi abordada pela atual companheira de Nuno Homem de Sá, Frederica Lima, que terá ido "pedir desculpa" a Jaciara graças a algumas coisas de que "falou nas redes sociais". Ter-lhe-á dito, ainda, que Nuno "gosta muito" de Jaciara Dias. "Não quero prejudicar o Nuno. Só quero que tenha consciência das palavras dele comigo, com outras mulheres, com outros homens, e que tenha um pouco de cautela, porque ele não é mais uma criança", esclareceu.

Embora tenha dito previamente que iria regressar mais cedo ao Brasil, garantiu aos jornalistas que vai ficar em Portugal até terminar os seus compromissos para com a TVI. "Vou estar aqui para apoiar a Bruna", contou, estando a torcer para que a influenciadora ganhe o prémio final. "A Bruna ganhar vai significar muito mais do que eu própria levantar esse troféu", refere.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.