Depois da gala de domingo (16), Bruno de Carvalho desabafou com Liliana Almeida no quarto acerca do que pensa do jogo de Nuno Homem de Sá. "Isto é uma forma insuportável de jogar. Pelos vistos, as pessoas adoram", disse, mostrando-se frustrado. Considera a estratégia do colega algo "absolutamente assustador", pois, de acordo com Bruno, Nuno "vai metendo ideias na cabeça das pessoas e as pessoas fazem".

Liliana: "Se me apetecer gostar do Bruno vou gostar. Se me apetecer dar-lhe um beijo na boca dou"
Liliana: "Se me apetecer gostar do Bruno vou gostar. Se me apetecer dar-lhe um beijo na boca dou"
Ver artigo

De acordo com o empresário, "a jogada" do ator vai levar os participantes "a perder a cabeça" e "lá fica ele como rei e senhor". “Nós somos atrasados mentais e depois há o lord”, acrescentou, relembrando que "toda a gente o nomeia".

“Mil vezes o Leandro, que fazia aqueles filmes, que era tudo uma fantochada”, acabou por proferir o agora presidente da casa, acerca do concorrente expulso na noite anterior, com quem tinha uma relação complicada. Tanto Bruno como Liliana estão irritados por outros colegas "falarem de pessoas que estão fora do jogo". “Não tragam para dentro do jogo pessoas que não têm de ser trazidas. Não pediram, não se inscreveram”, apelou o presidente da casa aos restantes participantes.

“É daquelas pessoas cuja estratégia não é ser o melhor dos melhores, é ser o melhor dos piores”

A conversa sobre Nuno continuou. “O assustador é ser isto que as pessoas querem ver num programa destes”, acredita Bruno, que considera que o ator "é daquelas pessoas cuja estratégia não é ser o melhor dos melhores, é ser o melhor dos piores". Já na sala, os dois confrontaram-se. Bruno defendia que a relação com Liliana não se trata de jogo, e Nuno retorquiu com a sua opinião.

"Essa conversa de dizer que não é jogo é só absurdo, porque tudo o que fazemos aqui dentro é dentro de um jogo”, disse. “É a tua opinião”, interrompeu Bruno. “Posso acabar de falar?”, pediu o ator, transtornado. O diálogo evoluiu para acusações de mentiras de ambas as partes. "Mentiste, está gravado", acusou Nuno Homem de Sá.

"Eu não tenho de estar aqui a aturar-te", afirmou Bruno, num tom de voz mais elevado. "Eu vou expôr o teu jogo", respodeu Nuno Homem de Sá. "Expõe-no as vezes que tu quiseres", terminou Bruno de Carvalho. "Uma pessoa que se assume inteligente não está a mentir aí com os dentes todos", atirou Nuno, que ainda acusou o colega de parecer "uma criancinha a reagir". "Não mintas, Nuno", pediu o antigo presidente do Sporting.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.