"Vou-te dar o meu último tempo de antena com as tuas palavras. Para mim, escusas de dizer o que quiseres, que eu nunca mais te vou responder." Estas foram duas das afirmações de Rafael, dirigidas a Ana Morina, no segmento Cadeira Quente.

Depois da gala do "Big Brother" deste domingo, 7 de novembro, Ana Morina levou a debate o facto de os concorrentes ficarem incomodados com o que é dito em grupo, sendo que estão a ser gravados "24 horas por dia, sete dias por semana". Para a executiva de Murtosa, todos estão "a colocar muito em causa aquilo que é dito numa cadeira quente, numa dinâmica", como se não tivessem "hipótese de ser julgados" pelo que afirmam em outros contextos.

Vânia Sá, revoltada com a expulsão da mãe, vai pedir uma auditoria às votações do "Big Brother"
Vânia Sá, revoltada com a expulsão da mãe, vai pedir uma auditoria às votações do "Big Brother"
Ver artigo

"Toda a gente fica extremamente melindrada com aquilo que é dito em momentos em que somos questionados", começou por explicar. "Se eu falo  alguma coisa que ou não falei, ou não disse, o que quer que seja, toda a gente fica extremamente melindrada, quando nós, na realidade, estamos sempre a ser gravados. (....) Cada um de nós escolhe o momento que acha que é certo para dizer aquilo que quer dizer."

Joana sublinhou que a própria Ana Morina já guardou determinados assuntos para mencionar mais tarde, concretamente quando "escolheu a gala para atacar duas mulheres". "Eu só tenho pena que as pessoas que me chamaram cabra, bruxa, azeiteira não o façam aqui, numa Cadeira Quente. (...) Porque eu depois vou ao BB Play e vejo todos os heróis que vocês são", disse a executiva, dirigindo-se a Rafael e referindo-se ao "BB Play" transmitido durante a gala do "Big Brother", no qual se ouviu Rafael a apelidá-la de "cabra".

"Não te chamei a ti, pois não? Então tens que estar caladinha. Tens que ver e calar, mais nada", ripostou o empresário de Fafe. "Eu não falei para ti, estava a falar para o Rui (...) Não me arrependo nada das palavras que disse". Ana Morina ironizou, exclamando que a atitude ficava "muito bem" ao colega. "Ela [Ana Morina] queria era ter um homem como eu, só que nunca conseguiu encontrar nenhum, então pronto, vê-me aqui um bocadinho no que ela queria. É normal, acontece a muitas, Big, não é só a ela", rematou Rafael.

Ana Morina continuou aborrecida pelas nomeações sistemáticas. "O jogo em vez de ser um todo, começa a ser alguma coisa contra uma única pessoa (...) São sempre as mesmas pessoas que vão à chapa", ressalvou. "A partir do momento em que vão nomear a Ana Barbosa com a desculpa de que é para me expulsar a mim, expliquem-me vocês qual é que foi o cálculo e a fórmula". Fábio justificou: "O programa não gira à tua volta, nem da [Ana] Barbosa".

O Big Brother puxou novamente o tema do "BB Play" para a discussão, referindo-se ao "fim da paz podre que existiu durante algumas semanas" entre Rafael e Ana Morina. "Eu agradeço que este ser humano nunca mais volte a falar para mim enquanto eu estiver neste programa, é só isso que eu quero. Nem 'bom dia', nem 'boa tarde', nem 'boa noite'", exigiu o empresário de Fafe. Ana Morina assegurou que vai fazer o que o colega pediu e acrescentou que não quer problemas. "Ele, com este tipo de atitudes, só demonstra o mau perder que tem", afirmou a executiva.

"Toda a gente te quer ver daqui de costas embora, tens maldade em ti", garantiu Rafael, e incomodado por a colega o ter apelidado de "machista", Rafael terminou as alegadas tréguas com Ana Morina.  "Ela está para aqui a meter nevoeiro como costuma meter. E eu andei aqui uns tempos já a calar-me e a não ligar ao que ela dizia, ao que ela fazia. Incomoda-me ser sempre eu a falar (...) então eu pensei 'deixa-a enterrar sozinha'(...) É um tipo de pessoa que é má, não se pode confiar. Tenho pena de quem convive com ela, seja aqui, seja lá fora, porque, realmente, é muito feio ser-se assim na vida."

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.