Os ânimos na gala do "Big Brother -Duplo Impacto" deste sábado, 13 de março, aqueceram. Bruno Savate e Joana Albuquerque estão de costas voltadas e a troca de palavras foi intensa. O pugilista afirmou que tem medo da designer de moda e que chega a evitar o contacto para não ser acusado de assédio sexual.

"Chego a ter medo da Joana e evito o contacto para não ser acusado de assédio sexual", atirou o ex-concorrente da "Casa dos Segredos", numa conversa em que Cláudio Ramos e Teresa Guilherme tentavam compreender o que se passa com o casal do reality show da TVI.

Savate quer terminar relação com Joana. "Sabe que tenho uma depressão e que me cansa"
Savate quer terminar relação com Joana. "Sabe que tenho uma depressão e que me cansa"
Ver artigo

Savate e Joana terminaram a relação que nasceu na mansão da Ericeira, depois de protagonizarem cada vez mais discussões. O pugilista já havia afirmado durante a semana que tomou a decisão para tentar perceber se, quando saírem do jogo, a relação poderá evoluir.

Também Andreia Filipe e Gonçalo Quinaz, ex-concorrentes convidados em estúdio para comentarem os últimos acontecimentos do jogo, referiram que as atitudes da residente de Cascais não têm sido as mais corretas. "A tua prestação está inflamada", disse a bailarina que participou no "BB - A Revolução". O ex-futebolista aproveitou para felicitar Savate pelo seu percurso, dando-lhe também alguma força para se manter em jogo na reta final do programa.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.