Não acontece só às vezes. Assim que o sinal dos cintos se desliga, e às vezes até antes disso, os aviões transformam-se num espetáculo de heavy metal com direito a gritos, empurrões e às vezes até alguns abanares frenéticos de cabeça. É a loucura de quem já pode esticar as pernas, sim, mas também de quem acha que desta forma vai conseguir sair primeiro do avião. Não vai, mas já lá vamos.

Aqui me confesso perante os leitores: eu sou uma dessas pessoas. Não sei explicar o que é que acontece com o meu corpo neste momento, mas assim que o avião aterra sinto o ímpeto de me levantar. E tal gladiador na arena a lutar por mais um dia de vida, tento esticar o braço para chegar à minha mala de mão dentro da cabine, tento posicionar-me dentro do corredor e respiro fundo sempre que a fila começa a andar.

Fotos incríveis (e chocantes) dos piores passageiros de sempre
Fotos incríveis (e chocantes) dos piores passageiros de sempre
Ver artigo

Eu tenho noção do quão ridículo isto é. Entre o "posicionar-me dentro do corredor" e "respirar fundo quando a fila começa a andar" passam largos minutos, minutos esses que poderiam ser desfrutados tranquilamente no banco. Entre estar de pé a ser pisada e empurrada ou sentada confortavelmente na cadeira, a melhor opção parece ser apenas uma questão de lógica.

Porque é que essa lógica me passa ao lado então? Não sei, terei que analisar isso interiormente. Mas a verdade é que Damon Young tem a resposta na ponta da língua para todas as pessoas que decidem levantar-se assim que o avião aterra. Num artigo publicado no site de notícias "The Root", Damon lança 40 perguntas para pessoas como eu. E não é simpático.

Vamos lá? Disclaimer: obviamente que as pessoas que sofrem de algum tipo de incapacidade física estão excluídas deste assunto. Para as restantes (como eu), bem... é ver o que Damon tem para nos dizer.

1. Para onde é que vai?
2. Ainda não percebeu que estamos a ir para o mesmo sítio?
3. E que a porta está fechada?
4. E que, se a porta está fechada, só está a ocupar espaço no corredor?
5. E que os assistentes de bordo secretamente esfregam macacos do nariz nas suas malas se o virem de pé? (Não sei mesmo se eles fazem isso, mas deviam)
6. Porque é que não tira um minuto e relaxa?
7. Se calhar tem textos para ler em vez de ficar de pé?
8. Um tweet para enviar? ("Acabo de chegar. E ainda estou sentado!")
9. Quando é que decidiu tornar-se num fascista?
10. É primo daquelas pessoas que batem palmas ao aterrar?
11. Consegue compreender que agora tem o seu rabo na minha cara?
12. O que o faz acreditar que eu quero ter de lidar com isto?
13. Tem um rabo suficientemente bom para roçar em narinas alheias?
14. Porque é que me está a obrigar a fazer estas perguntas?
15. Não tem vergonha?

9 coisas estranhas que acontecem com o nosso corpo quando estamos num avião
9 coisas estranhas que acontecem com o nosso corpo quando estamos num avião
Ver artigo

16. Consegue perceber que os pilotos não querem saber se é o primeiro a levantar-se?
17. Porque é que está a tentar impressionar os pilotos?
18. Quer "papar" um piloto, não quer?
19. Ou talvez tenha entrado na escola de aviação, mas foi reprovado porque não consegue estacionar o carro na lateral?
20. Tem que ir fazer chichi?
21. Porque eu consigo entender se tiver que fazer chichi, ok?
22. A melhor maneira de descrever a minha bexiga agora seria "quase lavada". Isso também descreve a sua?
23. Mas se é isso, porque é que esperou que o avião aterrasse?
24. Acha que só pode fazer chichi no chão?
25. E que se fizer chichi no ar ele vai ser despejado do avião e borrifar os civis?
26. Não relacionado com este tema, mas "Borrifar os Civis" não seria um excelente título para um podcast sobre o [rapper] E-40?
27. Além disso, percebe que as pessoas à sua volta estão agora sentadas mais tempo do que o habitual só para o irritar?
28. E que "as pessoas à sua volta" sou eu?
29. Normalmente não sou uma pessoa maldosa, portanto responsabiliza-se por me fazer isto?
30. Está à espera que eu o ajude se bater com a cabeça e fizer uma concussão?
31. Ou se for atropelado por pessoas que têm um voo de ligação?
32. Tem noção de que eu não o vou ajudar?
33. Que eu não só não o vou ajudar, como ainda me vou rir e esfregar as minhas canelas nas suas costas?
34. Alguma vez teve um afro-americano aleatório a esfregar as canelas nas suas costas?
35. Percebe o quão desrespeitoso isso é?
36. Quer mesmo que eu faça isso?
37. Não é um fetiche seu, pois não?
38. Se sim, isso explicaria muita coisa, não é verdade?
39. Ainda assim, eu disse que me queria meter nisso?
40. Portanto, não tinha que ir fazer chichi, pois não?

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.