Segunda quinzena de agosto. É esta a data apontada por Cabo Verde para voltar a receber visitantes e turistas. A novidade reacende o bichinho de viajar de muitos turistas, incluindo portugueses que estão habituados a fazer férias nas praias das ilhas de Cabo Verde. Os turistas terão apenas de “muito provavelmente” apresentar testes à COVID-19, tal como avançado pelo ministro do Turismo e Transportes de Cabo Verde, Carlos Santos, de acordo com o "Observador", que cita a agência Lusa.

Essa condição é quase nada quando comparada com a vontade de retomar as viagens, e embora ainda seja um terreno desconhecido e feito com algum receio, o país está a trabalhar para garantir que tudo está em conformidade com as medidas de segurança necessárias de combate ao vírus.

Isto porque, de acordo com Carlos Santos, o governo cabo-verdiano está já a preparar um dossier com todas as medidas sanitárias e legislativas que estão a ser implementadas no país. A reabertura de fronteiras deveria ter sido feita antes, mas os novos surtos na Europa e nas próprias ilhas deixaram Cabo Verde de pé atrás, adiando a data para agosto, excluindo, no entanto, as duas primeiras semanas.

Ministro de Cabo Verde ataca Rita Pereira e pede-lhe para não falar do tema "fome" de forma "tão superficial"
Ministro de Cabo Verde ataca Rita Pereira e pede-lhe para não falar do tema "fome" de forma "tão superficial"
Ver artigo

"Tendo em conta os vários fatores que vão surgindo quase diariamente, nós queremos fazer esse anúncio com base em dados certos, corretos, para que consigamos apresentar as datas corretas. Muito provavelmente, até 15 de agosto, por enquanto não”, previu Carlos Santos.

Como quem espera sempre alcança e as viagens não se planeiam de um dia para o outro, pode ir já sonhando e marcando o destino que pretende. Para não ter de andar à procura dos cenários paradisíacos, a MAGG selecionou 4 destinos para as férias em Cabo Verde que andaram nos sonhos das noites mal dormidas na quarentena. Ora espreite.

1. Sal

Não é por acaso que a ilha do Sal é a primeira sugestão. O sal é o que dá sabor à comida e neste momento se há coisa de que precisamos, é condimentar a vida com novas experiências para esquecer os meses que passámos em casa. A ilha do Sal é um dos destinos ideais para quem quer praias de água cristalina e visitar o famoso Olho Azul, uma das piscinas naturais em que o reflexo do sol na água faz lembrar um olho azul, ou as Salinas de Pedra Lume, uma cratera de um antigo vulcão, o descanso, mas também aproveitar os hotéis únicos daquela que é das mais pequenas ilhas do arquipélago cabo-verdiano.

Um deles é o Hilton Cabo Verde Sal Resort, que fica mesmo de frente para o mar. O hotel de cinco estrelas em Santa Maria, na Região do Sal, tem duas piscinas, um SPA com sauna e até uma fonte de gelo, e quatro restaurantes. Pode avistar o mar de longo, ou mais de perto, porque bastam alguns passos até pisar a areia branca desta ilha.

Uma noite para duas pessoas em agosto custa a partir de 146€, com pequeno-almoço incluído. Para reservas com regime de pensão completa — que dá sempre jeito para quem só quer aproveitar o sol da ilha e não andar à procura de locais seguros e bons para comer — ao valor por noite acrescem 150€ por adulto e 75€ por criança (dos 2 aos 18 anos).

2. São Vicente

A ilha de São Vicente foi descoberta em 1462, mas embora tenham passado mais de 500 anos, continua a ser uma ilha desconhecida por muitos e com uma riqueza histórica e uma herança portuária e colonial que deixaram várias histórias por contar. Depois de conhecer este povo, pode dar um mergulho na piscina do Pont D'Agua Bohemian Chic Hotel rodeada de água. Confuso? Nós explicamos.

É que toda a área do hotel de quatro estrelas, incluindo a piscina, está inserida na maravilhosa baía da cidade do Mindelo. A vista começa logo bem com a piscina, mas os 32 quartos também não ficam atrás. Do Garden Room à Presidential Suite, a decoração elegante é ponto assente e em muitos deles é possível ter vista panorâmica para o Monte Cara.

Uma noite no Pont D'Agua Bohemian Chic Hotel para duas pessoas em agosto custa a partir de 142€ por noite, com pequeno-almoço incluído.

3. Ilha de Santiago

A ilha de Santiago é onde fica a capital de Cabo Verde: Praia. O nome já indica o que aqui vai encontrar, mas as férias em Santiago não se resumem a banho de água salgada. Para lá da história que ficou na Cidade Velha, onde os navegadores portugueses chegaram quando descobriram Cabo Verde, e da confusão da cidade de Praia dominada pelo trânsito e edifícios, e fica o local onde vai poder desfrutar da ilha.

Mal chega pode logo piscar o olho à piscina do Pestana Trópico, instalado na capital de Cabo Verde, que faz parte do grupo que também tem hotéis em Portugal. Neste caso, o conceito do hotel de quatro estrelas é relaxar no meio da ilha. Para isso tem acesso uma piscina exterior de água salgada, uma zona de fitness, e ainda a um terraço no jardim do hotel. Escusado é dizer que a vista é para o mar.

Em agosto, o preço de uma noite para duas pessoas no Pestana Trópico é a partir de 118€, com pequeno-almoço incluído.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.