“Saudade Saudade” é o tema cantado por MARO no Festival Eurovisão da Canção 2022 e aquele que muitos dos que, à boleia do roteiro que se segue, forem à cidade italiana onde decorre o festival vão certamente cantar após uma visita. Falamos de Turim, em Itália, que recebe a Eurovisão 2022 e será palco da atuação do vencedor, a 14 de maio.

Portugal está na corrida e pode vir a repetir o feito de 2017 — em que Salvador Sobral venceu o Festival Eurovisão da canção com o tema "Amar pelos dois" —, e se quiser ver isso a acontecer só tem de fazer uma coisa: comprar o bilhete e seguir viagem para Turim, onde pode ver as várias fases, com bilhetes para entrar na arena PalaOlimpico a partir de 20€.

Ucrânia na Eurovisão. "Não pensem que a guerra é um filme distante a que estão a assistir"
Ucrânia na Eurovisão. "Não pensem que a guerra é um filme distante a que estão a assistir"
Ver artigo

A primeira semifinal acontece já esta terça-feira, 1o de maio, e a segunda semifinal a 12 de maio. Portugal atua já esta terça-feira e pode acontecer que a canção portuguesa seja eliminada e não chegue à grande final.

Esperemos que tal não aconteça, no entanto, se só conseguir viagem para o fim de semana e Portugal já não estiver no festival, nada está perdido. Pode (e deve) passear pela cidade que tanto tem para ver e, óbvio, comer.

Onde ficar

No centro histórico de Turim há um hotel adequado para a Eurovisão 2022. Chama-se Opera35 Suite&Studio e apesar de não haver nenhuma canção de ópera no festival, o facto é que gira tudo à volta da música. Por falar nela, é um deleite para os ouvidos assim que se começa a descrever o hotel que ocupou uma mansão neoclássica e preservou a ostentação da Belle Époque de Turim, no final do século XIX.

Alguns quartos têm cama dossel a fazer lembrar o tempo dos reis e, quer nestes, quer nos estúdios ou apartamentos que também compõem a unidade, a decoração é simples e em tons brancos para deixar brilhar os verdes da varanda ou frescos no teto. Existe ainda um terraço onde pode desfrutar do pequeno-almoço. 

Se ficar de 14 para 15 de maio, o valor é a partir de 656€ para duas pessoas.

Onde comer

Como escolher um bom restaurante em Turim? Ir ao guia Michelin e aplicar o filtro "quero pasta", "quero queijo" ou "quero toda a Itália a que tenho direito". Isso inclui cozinha regional piemontesa (região no norte de Itália e cuja capital é a cidade de Turim), cozinha italiana mais clássica ou moderna.

No caso da cozinha regional de Piemonte, no L’Acino Restaurant come-se tajarin al ragù, uma massa fina envolvida em muitas gemas de ovo e acompanhada de ragù de carne, ou queijo azul de cabra em folha de videira com laranja cristalizada.

Se procura algo mais clássico, tem de reservar mesa no Antiche Sere, restaurante no qual encontra uma pasta cicatelli, com rúcula, tomate e ricotta dura ou umas amêijoas com redução de Nero di Troia e cebolas caramelizadas — prato que tem uma cor impressionante.

Para aventuras gastronómicas, o Razzo é o sítio ideal dado que na cozinha deste restaurante reina a criatividade. De perfil gourmet, o Razzo junta de uma só vez influências regionais italianas, toques franceses e asiáticos, combinadas no fogão com vinagres caseiros, ingredientes de pequenos produtores e fermentados como kombucha e alho preto.

O resultado pode ser provado numa pasta plina de fígado de pombo, tomilho e alho preto ou num tagliolini caseiro com caranguejo, gengibre e erva-limão, servido na casca do crustáceo. Para finalizar, nada como uma mousse de chocolate com trufa negra e avelãs.

O que ver

Fala-se em Turim e além de nos vir à mente a Itália associada sempre à maravilhosa gastronomia, o nome da cidade lembra-nos uma celebridade: Cristiano Ronaldo. Em 2018 o craque português juntou-se à equipa da Juventus e apesar de ter saído em 2021 para regressar para o clube no qual já tinha sido feliz, o Manchester United, deixou na equipa italiana grandes marcos.

Alguns deles, assim como outros feitos da Juventus, podem ser vistos no estádio da Juventus, que integra um museu visitável todos os dias (com exceção de terça-feira) das 10h30 às 19h em dias úteis e 19h30 ao fim de semana. A entrada custa 15€ por adulto e à visita pode adicionar uma tour para conhecer a história do clube até ao presente, desde 8€.

Ainda na onda dos museus, tem de passar pelo Museu Nacional de Cinema, instalado dentro da torre Mole Antonelliana, que retrata as grandes obras do cinema italiano e do mundo e apresenta a evolução cinematográfica em exposições dispostas na espiral ascendente que compõe o edifício. Este tem ainda um elevador panorâmico inaugurado em 1961, nas comemorações do Centenário da Unificação da Itália, que permite subir a 85 metros de altura para ter uma vista privilegiada sobre a cidade e os Alpes.

Para sentir um pouco da natureza de Turim, deve dirigir-se ao Bosco Verticale que, como o nome indica, é como um bosque que rodeia um edifício no centro de Turim, assim como ao jardim Giardino Sambuy, com um pequeno lago e lugares para relaxar. Passe ainda pelo Parco Arte Vivente, um centro experimental de arte contemporânea no qual o verde ganha forma de trevo e a arte é diversão para as crianças.

Para planos diferentes, pode fazer a tour de chocolate e oficina de chocolate do TripAdvisor depois de visitar o Museo Lavazza, um espaço imersivo que conta a história da cultura e dos rituais do café dos italianos, ou andar de balão em Piedmont a partir de Turim (desde 256,42 € por grupo).

Cristiano Ronaldo precisa de um novo lar. Eis 6 casas de luxo que lhe enchem as medidas
Cristiano Ronaldo precisa de um novo lar. Eis 6 casas de luxo que lhe enchem as medidas
Ver artigo

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.