Com a quarentena, disparou a vontade de estar constantemente a trincar. Mas não é a trincar uma comida qualquer. É a trincar produtos que façam barulhos, que sejam realmente crocantes, que sejam salgados, daqueles que nos transformam numa trituradora automática que só para de comer quando já não sobra migalha no pacote. As batatas fritas conseguem ser a pior e a melhor invenção da humanidade: satisfazem-nos esta necessidade do crunchy como mais nada consegue, mas são um demónio nisto da saúde e das calorias.

Pois é, largue já esse pacote, que temos alguma informação essencial para lhe dar: vamos analisar um pacote de batatas fritas Lays, assustá-lo de morte e, depois, sugerir outras opções mais equilibradas, umas melhores do que as outras. E não pense que incluímos vegetais fritos: segundo um relatório da DECO, não são, afinal, lá grande alternativa.

Mais uma nota antes de avançarmos: tenha em mente que a última sugestão é a menos processada de todas. Ou seja: é, de longe, a mais saudável.

Pacote de Lays

Vá, respire fundo. Já está? Então, vamos a isso. 100 gramas deste amigo tem 510 calorias formadas por: 29,3 gramas de gordura, das quais 3,7 gramas são saturadas (not good). Depois, tem 52,8 gramas de hidratos de carbono, dos quais 0,7 gramas são açúcar. Inclui 6,3 gramas de proteína, 4,8 gramas de fibra e 1 grama de sal.

Gorduras trans. Tudo o que tem de saber sobre o novo alvo da OMS
Gorduras trans. Tudo o que tem de saber sobre o novo alvo da OMS
Ver artigo

A lista de ingredientes indica-nos os produtos que são incluídos na confecção deste produto, dando-nos, através da ordem escolhida, aqueles que se encontram em maior ou menos quantidade. Portanto, o grande protagonista aqui são as batatas, depois "óleos vegetais" de milho e de girassol "em proporções variáveis", por fim, o sal.

Nutricionalmente, é um produto muito pobre: está cheinho de hidratos de carbono que, pior do que isso, são fritos. É, portanto, um produto rico em gorduras saturadas, terríveis para o sistema cardiovascular, terrível para a manutenção de um peso saudável.

1. Zero Chips da Prozis

batatas

Se é Prozis, então é óbvio: aqui vamos ter muito mais proteína, muito menos hidratos de carbono. Apesar de ser um frito, pode ser uma alternativa mais equilibrada, ainda assim, para comer com muita moderação. 

Vamos a pormenores: na lista de ingredientes, o primeiro a surgir não são as batatas, mas sim a proteína de soja, juntamente com o amido de tapioca, o amido de batata, sendo que o óleo vegetal surge só em oitavo lugar. Sobre os números, 100 gramas destas batatas têm 402 calorias, 13 gramas de lípidos (dos quais, 1,2 são saturados), Tem 18 gramas de hidratos de carbono (as Lays têm 52), dos quais 5,4 são açúcares (aqui piorou), tendo, no entanto, 17 gramas de fibra (mais sete do que a hipótese anterior), 2,7 gramas de sal e, o grande protagonista: 45 gramas de proteína.

2. Bean'Go Tomate e Orégãos

bean

Este snack é um misto de batatas fritas e de tortilhas, feito à base de leguminosas — neste caso, de grão-de-bico. É super crunchy (sabem a pizza, já agora) e incomparavelmente mais saudável. A grande vantagem reside no facto de este ser um produto que é feito no forno. Além do mais, promete ser puro: ou seja, o único interveniente é mesmo o grão, ao qual se junta o toque do tomate, dos órégãos e do alho. "Tudo isto é 100% natural, sem corantes, conservantes ou outros ingredientes com nomes estranhos", informa-nos o site. Sendo feito à base de uma leguminosa, vai ter um teor superior de hidratos de carbono.

5 exercícios para dar cabo da gordura do adeus
5 exercícios para dar cabo da gordura do adeus
Ver artigo

Agora, os números. 100 gramas deste snack têm 395 calorias, 12 gramas de lípidos (dos quais, 1,5 são saturados), Tem 51 gramas de hidratos de carbono (as Lays têm 52), dos quais 5,4 são açúcares (aqui piorou), tendo, no entanto, 10 gramas de fibra, 0,8 gramas de sal e 15 gramas de proteína.

3. A melhor solução: faça as suas chips no forno em casa

batatas

De longe, a melhor solução é sempre esta: preparar os seus próprios snacks e petiscos, controlando as doses e sabendo sempre o que é que está a comer. Neste caso, é muito baixo em calorias, rico em vitaminas e minerais. Aproveite os seus vegetais, dê-lhes uma nova textura e, aqui sim, solte a máquina trituradora que há em sim — sem culpas. 

Ingredientes:
Cenoura
Beterraba
Uma pitada de sal
Pimenta-do-reino q.b

Modo de preparação:
Corte os ingredientes em rodelas finas com o auxílio de um cortador de legumes. Num tabuleiro coberto com uma folha de papel vegetal, coloque as rodelas afastadas umas das outras e tempere com o sal e a pimenta do reino. Leve ao forno durante 20 minutos ou até que fiquem secas e crocantes. Vá estando atento para que não se queimem.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.