Renee Hellman vive no estado do Colorado, nos Estados Unidos, e está em isolamento não só porque é aconselhada pelas autoridades, como também porque faz parte de um grupo de risco de contaminação com COVID-19 — tem problemas respiratórios e por isso tem de se proteger contra o vírus. Na impossibilidade de sair à rua para fazer as compras, foi o cão de uma vizinha que ficou com essa tarefa. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há registo de cães infetados, nem evidência científica de que possam transmitir a COVID-19, o que significa que as entregas de Sunny podem ser feitas em segurança.

Homem finge passear um cão de peluche para andar na rua mas é apanhado pela polícia. Veja o vídeo
Homem finge passear um cão de peluche para andar na rua mas é apanhado pela polícia. Veja o vídeo
Ver artigo

E são já feitas há semanas. A ideia partiu de Karen Evelth, vizinha de Hellman há 10 anos e dona de Sunny (cão de raça golden retriever), uma vez que também Evelth deve manter a distância de segurança em relação à vizinha.

Mas como é que Sunny cumpre a missão? "A Renee faz a lista, dá-a a Sunny, e o cão trá-la até mim", disse Evelth à "KKTV". Já com a lista em mãos, Karen Evelth vai às compras e de volta a casa pede ao cão que as entregue na casa da vizinha.

Renee Hellman está radiante com esta solução. "São pequenas coisas, como estas visitas de Sunny, que me fazem sentir bem. Também é uma maneira de comunicar. Tem sido divertido".

A dona do cão acrescenta ainda que "qualquer um pode fazer algo tão pequeno, mas que pode ser muito útil".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.