Flores, mensagens e até um grafiti de homenagem. Os habitantes da pequena cidade de Holyhead, no País de Gales, estão destroçados com a morte do "LIDL Cat" (gato do LIDL, em português) e, de acordo com o "Daily Post", querem fazer-lhe um memorial.

Esta mulher só come uma vez por semana para ter dinheiro para alimentar os 6 gatos. "Não é justo abandoná-los"
Esta mulher só come uma vez por semana para ter dinheiro para alimentar os 6 gatos. "Não é justo abandoná-los"
Ver artigo

Em declarações ao jornal, Elsa Simon, uma habitante local, disse que a cidade está de luto e que gostaria que a cadeia de supermercados considerasse erguer um memorial ao gato que tornou o local emblemático e trouxe alegria aos clientes.

China morreu a 4 de março. Num grupo do Facebook dedicado a animais perdidos e achados no condado de Anglesey, o dono, Terry Wray revelou como tudo aconteceu. "Ele foi atropelado por um caso e, devido às lesões, teve de ser eutanasiado. Estou fora da cidade, por isso não o consegui ver antes de ter sido levado pela minha mãe ao veterinário. Obrigada a todos os que tentaram ajudar no local do acidente". 

China era um gato vadio que foi adotado há cerca de 10 anos por Terry. No entanto, o animal começou a seguir uma vizinha até ao supermercado e percebeu que, ali, além de mimos e atenção, conseguia comida extra. Tornou-se uma presença habitual no LIDL de Holyhead, fazendo furor não só entre os clientes mas também junto dos funcionários do supermercado.

Veja as fotos de China, o gato do LIDL

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.