O caso está a gerar uma enorme discussão na rede social Reddit, depois de já ter gerado também discussão dentro de um restaurante.

Um casal, pais recentes de um bebé, resolveu ir jantar fora num restaurante mais "fancy", tal como o descreveram, mas sem a criança. Sentaram-se, pediram a comida e quando estavam à espera um outro casal chega e senta-se mesmo ao lado. Traziam um bebé num carrinho, que ficou ao pé dos pais. Passados uns minutos, a criança começa a chorar. Os gritos foram subindo de tom, o que desagradou o casal do lado. "Nessa altura, já só queríamos sair do restaurante, mas já tínhamos pedido a comida, por isso decidimos perguntar à empregada se podíamos mudar de mesa, para o outro lado do restaurante", escreveu a mulher na rede social Reddit.

Os bebés também têm depressões. Pedopsiquiatra aponta sintomas a que os pais devem estar atentos e de como tratar a doença
Os bebés também têm depressões. Pedopsiquiatra aponta sintomas a que os pais devem estar atentos e de como tratar a doença
Ver artigo

A empregada acedeu ao pedido e, imediatamente, começaram a preparar-lhes outra mesa. Foi então que veio a chefe de sala e perguntou ao casal se estava tudo bem, e qual a razão pela qual estavam a pedir para ir para outro lugar. "Eu disse-lhe que era a nossa primeira saída depois de termos um bebé e que não nos apetecia passar a noite ao lado de outra criança, a chorar", contou a mulher. A chefe de sala entendeu e aceitou os argumentos.

Mulher senta-se no lugar prioritário do comboio e recusa-se a cedê-lo a idosa que reclamou o assento. "Serei eu a idiota?"
Mulher senta-se no lugar prioritário do comboio e recusa-se a cedê-lo a idosa que reclamou o assento. "Serei eu a idiota?"
Ver artigo

Quem não achou graça nenhuma foi a mãe do bebé que, da mesa do lado, ouviu a conversa. Virou-se então para a mulher da mesa do lado e disse-lhe: "A senhora é uma idiota". E começou a discussão. "Ela disse-me que eu só tinha de aceitar que os bebés podem fazer barulho e chorar e que não há nada que os pais possam fazer", relatou a mulher no Reddit. "Fiquei muito irritada com a atitude dela, por isso disse-lhe que na verdade ela podia fazer alguma coisa em relação ao choro do bebé. Podia simplesmente levar o bebé para casa para que ele pudesse dormir devidamente e, assim, permitir que todos os outros clientes do restaurante pudessem desfrutar das suas refeições".

A mulher levou a discussão para a rede social porque no dia seguinte, em conversa com a irmã, e depois de lhe ter contado a história, ela disse-lhe que o que ela tinha feito era errado, e que não deveria ter pedido para trocar de mesa. "A minha irmã disse-me que eu não devia ter dito à empregada que queríamos mudar-nos por causa do bebé e que eu não devia ter dito o que disse à mãe. Então agora não tenho a certeza sobre se fiz bem ou mal em dizer o que disse", questionou-se.

Quem tem razão nesta história?

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.