Foram dois meses de muita conversa, convidados insólitos, falsetes de Nuno Markl e saídas inesperadas de João Quadros. Vimos Albano Jerónimo numa banheira, vimos Vhils a esculpir Zeca Afonso em direto numa parede e uma rádio no Polo Norte a passar Mário Laginha.

Nestes dois meses, foram milhares os portugueses a adiar a ida para a cama só para não perder os diretos que Bruno Nogueira começou por fazer como forma de também ele se entreter na quarentena. E também ele foi muitas vezes surpreendido, mais não seja pela quantidade de pessoas que parava para o ver, num número que crescia a cada dia.

Mas se não acompanhou nada dos diretos, mas quer perceber o porquê de serem um fenómeno, revelamos os 10 melhores momentos que marcaram as noites de segunda a sexta-feira. Ora veja.

1. O dia em que Cal Lockwood passou de 3 seguidores para milhares

Foi na noite de 1 de abril que o radialista do Pólo Norte Cal Lockwood descobriu que alguém em Portugal o ouvia frequentemente. Essa pessoa era Nuno Markl que decidiu expressar no direto de Bruno Nogueira o gosto em ouvir as músicas jazz e blues do radialista com apenas três seguidores. Resultado? As milhares de pessoas que estavam a assistir ao direto partiram instantaneamente para o Instagram de Cal para o seguir.

De volta ao "Como é que o Bicho Mexe", foi lançada a ideia: pedir que Cal tocasse Mário Laginha na rádio Arctic Outpost. Segundo resultado? As pessoas foram mesmo enviar mensagem ao radialista e o pedido acabou mesmo por ter resposta, como forma de agradecimento pelo carinho dos portugueses. O problema é que com uma nova audiência, marcada por portugueses em peso, o servidor já antigo não aguentou e Cal teve de fazer novos investimentos.

Para suportar os gastos, o radialista reinventou-se e até lançou uma linha de artigos da rádio Arctic Outpost. Desde camisolas, passando por capas de telefone, até às canecas, qualquer um dos que contribuíram para o sucesso de Cal podem agora ficar com uma recordação.

2. "Corte" de cabelo radical de João Manzarra

Quando João Manzarra entrou em direto com Bruno Nogueira a 22 de abril, o pânico foi lançado: João cortou radicalmente o cabelo num formato "donut" (apenas com barba e uma linha de cabelo contínua em redor da face), como o próprio chamou.

O look era tão radical que começaram a surgir dúvidas sobre se era ou não verdadeiro, mas até ao final dessa emissão João Manzarra manteve sempre a sua representação, afirmando que era verdadeiro — a convicção foi tanta que algumas pessoas não só acreditaram, como fizeram um corte igual.

Afinal Manzarra não rapou o cabelo e também não usou photoshop. O truque foi outro
Afinal Manzarra não rapou o cabelo e também não usou photoshop. O truque foi outro
Ver artigo

Contudo, no dia seguinte, de volta ao direto, João Manzarra lá revelou que era tudo mentira e que o visual resultava de uma prótese que simulava uma cabeça careca, assim como a linha de cabelo que a atravessava, feita por Katia e Sérgio Alxeredo da Manobras d'Arte.

3. Celebração do 25 de abril

A carga simbólica da data que marca a liberdade em Portugal e o fim da ditadura já é por si só enorme. Quando às celebrações se juntam figuras épicas como Eunice Muñoz, a fasquia fica elevada. Esta foi apenas uma das presenças, inesperadas até pelo próprio Bruno, da noite de 24 de abril.

Para além de Eunice, a atriz portuguesa com 91 anos, o som da voz de Nuno Lopes (pouco confiante na sua performance) acompanhado da guitarra, acabou por emocionar as mais de 60 mil pessoas que assistiam ao momento em casa, isoladas do mundo em pandemia, mas em boa companhia.

No entanto, foi quando Zeca Afonso e a sua "Grândola, Vila Morena" tocavam enquanto Vhils esculpia o rosto do artista, que Bruno não conseguiu esconder a emoção.

4. A aparição de Albano Jerónimo na banheira

O ator Albano Jerónimo foi uma das presenças mais irreverentes nos diretos. Quando aparecia, tinha sempre preparado um momento especial. Além do dia em que fez o manifesto às mulheres, o momento mais marcante foi quando a câmara se liga e lá está Albano numa banheira, com uma peruca loura, batom e copo de vinho na mão.

Sempre que o ator entrava, os seguidores de "Como é que o Bicho Mexe" já sabiam que vinha aí uma interpretação exuberante. No penúltimo direto em que apareceu, mostrou o rabo para mais de 60 mil pessoas, tarefa que voltou a cumprir na sessão final desta sexta-feira, 15 de maio, desta vez para mais de 170 mil.

5. A música "Frozen" por Inês Aires Pereira

Uma das pessoas que fez parte do que se pode chamar "elenco" dos diretos de "Como é que o Bicho Mexe" foi a atriz Inês Aires Pereira. Para quem ainda não a conhecia, descobriu nela a capacidade de se reinventar a cada programa.

Umas vezes os papéis apareceram de forma espontânea, como aconteceu quando fez surgir uma personagem brasileira cuja lema era "comendo e fodendo", outras vezes foi o resultado de um "TPC" dado por Bruno. A interpretação do tema "Frozen" foi um deles e Inês não só se vestiu a rigor, como criou um ambiente envolvente que fez jus ao filme.

6. João Manzarra tenta fazer as pazes com Bruno e pede ajuda à Xana Toc Toc

João Manzarra conseguiu enganar Bruno Nogueira e os seguidores quanto ao corte de cabelo radical. O problema foi que muitos acreditaram e chegaram até a fazer um corte igual. Bruno Nogueira ficou chateado — ms sempre com humor — com a atitude de Manzarra e a partir daí a relação entre os dois ficou conturbada.

Numa tentativa de fazer as pazes, João Manzarra pediu a ajuda de Xana Toc Toc, do padre Luís Borga, do Avô Cantigas, da própria mãe e de uma dúzia de crianças, para participar num vídeo cujo objetivo era "uma tentativa de resolução de um conflito", conforme descreveu o apresentador no Instagram.

7. Bruno Nogueira lança desafio a João Manzarra de dizer "sémen" na SIC Notícias

O corte de cabelo de João Manzarra deu pano para mangas não ficou resolvido com este primeiro pedido de desculpas. Seguiu-se então um desafio: Bruno Nogueira só perdoaria Manzarra por ter enganado quem acompanha o "bicho", se o apresentador da "Árvore dos Desejos", da SIC, dissesse a palavra "sémen" em direto na  SIC Notícias.

Isto porque na mesma noite em que Manzarra mostrou o vídeo "das pazes", ia estar em direto no canal de informação para falar sobre o abandono de animais de estimação. E não é que, apesar do tema sério, cumpriu com o desafio?

No decorrer do assunto questionado pela jornalista, João lá disse: "Desde pessoas que perguntam se devem rapar o pelo dos cães, se devem fazer recolhas de sémen, portanto tenho sempre muito essa relação e isso tem também uma mensagem pública de tentar realmente criar empatia entre não só os cães, mas todos os animais e os humanos".

8. As atuações de Nuno Markl

O radialista das manhãs da Rádio Comercial era sempre um dos primeiros a aparecer no direto. Apesar de ficar até ao fim, a energia que tinha reservado para aquela noite depois de acordar bem cedo para trabalhar, era gasta num momento particularmente especial.

"Então, o que é que tens preparado para nós hoje, Markl?", perguntava sempre Bruno Nogueira. Do outro lado havia primeiro um ajeitar de óculos e de cabelo, uma respiração funda e só depois se desligavam as luzes para começar o karaoke. Era sempre um momento aguardado (apesar dos agudos por vezes dolorosos) em que Nuno Markl interpretava temas dos anos 80 e 90.

9. O momento relaxante ao som do piano de Filipe Melo

Quando se sabia que Filipe Melo estava quase a entrar em direto era um misto de emoções: por um lado, era sinal de que o direto estava a chegar ao fim e, por outro lado, de que o momento mais relaxante e gratificante da noite estava a chegar.

Apesar de muitas vezes se referir que era neste momento que muitas pessoas saíam do direto, não valorizando a cultura, outros milhares ficavam a ouvir a interpretação de Filipe Melo que aparecia sempre em baixa luz, num cenário intimista.

Só esta sexta-feira, 15 de maio, no último direto de "Como é que o Bicho Mexe" Filipe Melo aparece em palco, acompanhado de todos os que fizeram parte dos diretos.

10. Doações

Uma vez que cada noite reunia cerca de 50 a 70 mil pessoas no Instagram de Bruno Nogueira, ou "corpo dormente", o humorista decidiu começar a juntar uma ação solidária às sessões. Escolheu várias instituições para que quem assistisse pudesse ajudar aqueles que, principalmente devido à pandemia, estão a passar dificuldades.

Direto de Bruno Nogueira no Instagram junta 11 mil euros para sem-abrigo
Direto de Bruno Nogueira no Instagram junta 11 mil euros para sem-abrigo
Ver artigo

Conseguiu-se angariar sempre boas quantias, mas nenhuma noite ultrapassou aquela em que se conseguiram 11 mil euros para o Centro de Apoio ao Sem Abrigo (CASA). Além destas, também se fizeram doações nos diretos para a associação Coração AmareloAPAV e para o Banco Alimentar.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.