A meteorologia em Portugal continental vai transformar-se por completo. O calor que temos sentido ao longo da última semana vai dar lugar a temperaturas máximas 5 a 6 graus mais baixas, vem aí chuva em todo o território e neve nas terras altas.

Portugal continental tem estado ao longo das últimas quase duas semanas debaixo de um anticiclone que nos está a travar a chegada do frio e da chuva e que tem mantido temperaturas primaveris. Só que isso vai mudar. Aproveite bem este fim de semana, porque no próximo a coisa vai estar complicada.

O tal anticiclone que nos está a proteger vai mais para sul, para o norte de África, e já a partir de quarta-feira as temperaturas vão começar a descer. O céu irá estar muito nublando em quase todo o território e a chuva chegará em força a partir de quinta, com especial incidência na região norte, com destaque para Viana, Braga e o Porto.

A vida são 2 dias, o Carnaval são 3 e estes 5 hotéis têm festa garantida (com rodízio e samba)
A vida são 2 dias, o Carnaval são 3 e estes 5 hotéis têm festa garantida (com rodízio e samba)
Ver artigo

Sexta-feira, a chuva continuará forte e chegará já à região centro e Lisboa. Ao frio e chuva deverá juntar-se vento forte, prevê o Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA).

Como se isto não bastasse, a partir de sábado chegará uma nova frente fria, vinda do polo, que trará ares gelados de norte a sul, que irão originar a queda de neve nas zonas mais altas, sobretudo na serra da Estrela. A boa notícia é que a chuva irá diminuir, embora se mantenha, de forma mais ligeira, e menos constante, em quase todo o território.

Em comparação com o que temos vivido nos últimos tempos, as temperaturas máximas deverão cair até 6º, e fixarem-se entre os 8º (norte e interior) e os 15º, a sul e no litoral. Estas condições deverão manter-se ao longo de toda a semana de carnaval e, pelo menos, até ao fim de semana de 17 e 18 de fevereiro.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.