O site da família real inglesa ordenou os seus membros por ordem de importância e colocou Harry e Meghan Markle na última linha, só atrás do príncipe André, irmão mais novo do rei Carlos III, que esteve envolvido em vários escândalos sexuais ligados a Jeffrey Epstein, e que é conhecido como o "Príncipe Desgraçado".  Esta despromoção aconteceu já depois da morte da rainha Isabel II, pois antes disso os duques de Sussex apareciam a meio da página da família real, só atrás da rainha, do rei e do príncipe William e de Kate Middleton.

Meghan Markle acusada de ser uma "sociopata narcisista" e de ameaçar acabar relação com Harry
Meghan Markle acusada de ser uma "sociopata narcisista" e de ameaçar acabar relação com Harry
Ver artigo

Na linha de membros da família, Harry e Meghan aparecem agora abaixo de figuras absolutamente menores como a princesa Alexandra e os duques de Gloucester. Pior só mesmo o príncipe de Kent e a esposa, Marie-Christine, que saíram de todo da página, já que não têm qualquer atividade real. Quem também não consta são os filhos de Harry e Meghan, Archie (3 anos) e Lillibet (1), que continuam sem saber se terão o título de príncipes.

Príncipe André processado por vítima da rede de tráfico sexual de Jeffrey Epstein
Príncipe André processado por vítima da rede de tráfico sexual de Jeffrey Epstein
Ver artigo

Os duques de Sussex regressaram à Califórnia, onde residem, imediatamente após o funeral da rainha Isabel II, sem que Harry tivesse resolvido os problemas familiares que mantinha (e mantém) com o pai, o rei Carlos III, e o irmão, William, primeiro na linha de sucessão ao trono. É bem provável que nos próximos tempos as coisas azedem ainda mais, já que está para breve a publicação de um polémico livro de memórias de Harry onde poderão ser reveladas histórias até agora mantidas em segredo. Também Meghan irá retomar o seu podcast onde poderá deixar algumas pistas sobre o mal-estar que se viveu no período do funeral da rainha.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.