Passava 1 minuto das 18 horas deste sábado, 18 de setembro, quando os oito netos da rainha Isabel II entraram no Westminster Hall, com William e Harry à cabeça, fardados a rigor, para fazer uma vigília ao caixão da avó. É a primeira vez na História do Reino Unido que um monarca tem a fazer esta guarda de respeito feita pelos netos. O momento emocionou os ingleses.

A vigília começou com um absoluto silêncio na sala. William liderou o cortejo, fardado, e logo atrás de si vinha o seu irmão, Harry, que usou o uniforme militar a pedido expresso do seu pai, o Rei Carlos. Aos filhos do rei juntaram-se seis primos: Peter Phillips e Zara Tindall (filhos da Princesa Ana), as Princesas Beatriz e Eugenie (filhas do Príncipe André) e Louise Windsor e James (filhos do Príncipe Eduardo). O mais velho dos netos é Peter Philips, de 44 anos, e o mais novo é James, visconde Severn, que tem apenas 14 anos.

Homem tenta saltar para o caixão da rainha e é imobilizado pela polícia perante multidão
Homem tenta saltar para o caixão da rainha e é imobilizado pela polícia perante multidão
Ver artigo

Os netos da rainha colocaram-se à volta do caixão, com William e Harry à frente e atrás e os restantes primos à volta. Todos baixaram a cabeça em sinal de respeito e assim permaneceram, em silêncio, durante aproximadamente 15 minutos.

Já na véspera, uma outra vigília, de 10 minutos, havia sido liderada pelo atual Rei Carlos.

Veja as fotos emocionantes.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.