Num voo entre Amesterdão e Ibiza, dois homens recusaram usar máscara e a situação acabou em agressões entre os passageiros. O confronto, que aconteceu a 31 de julho, foi registado em vídeo e tornou-se viral nas redes sociais.

De acordo com o jornal holandês "Het Parool", os homens estariam embriagados e as agressões começaram quando um dos passageiros sem máscara atacou outro que estava no avião, depois de os outros viajantes se mostrarem revoltados pela conduta irresponsável dos dois homens em tempo de pandemia. Progressivamente juntaram-se mais atores ao acontecimento e gerou-se a confusão em pleno voo. O homem que partiu para a violência acabou por ser agarrado por funcionários da companhia e outros passageiros.

Tripulação expulsou passageira que se recusou a usar máscara e foi aplaudida por todo o avião
Tripulação expulsou passageira que se recusou a usar máscara e foi aplaudida por todo o avião
Ver artigo

No vídeo, que conta já com 162,8 mil visualizações, é possível ver um dos passageiros agredido com sangue no nariz e ouve-se alguém dizer "pare, há aqui crianças".

"O piloto informou as autoridades locais e, à chegada, os dois passageiros foram detidos. A segurança não foi comprometida durante o voo", revela em comunicado o porta-voz da companhia aérea KLM, de acordo com o "The Independent".

Não se sabe ao certo a nacionalidade dos passageiros que recusaram usar máscara, uma vez que a KLM indica que são cidadãos holandeses, enquanto a imprensa britânica diz que são ingleses.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.