É um absoluto mistério o que se terá passado com Nicole Barnes, 29 anos, uma mulher totalmente saudável, fit, sem qualquer histórico clínico, que foi encontrada morta esta segunda-feira, 10 de outubro, deitada no sofá ao lado de uma filha de apenas 3 anos.

O caso aconteceu na cidade de Huyton, perto de Liverpool, Inglaterra, onde Nicole vivia com o marido, Craig Sharnock, 36 anos, e os quatro filhos, Nieve, 10 anos, Scott, 7, Tom, 5 e Delilah, 3. O alerta de que algo se passaria foi dado pela escola onde estudam os filhos mais velhos do casal, depois de Nicole não ter aparecido para os ir buscar. A escola entrou então em contacto com o marido, Craig, que está desempregado, e que foi a casa ver o que se passava, já que também ele não conseguia contactar com Nicole.

Irmã de Carolina Patrocínio acabou de ser mãe e já mostrou o recém-nascido no Instagram
Irmã de Carolina Patrocínio acabou de ser mãe e já mostrou o recém-nascido no Instagram
Ver artigo

Assim que chegou, encontrou a filha Dilalah, de 3 anos, viva e bem, ao lado da mãe, Nicole, que estava morta no sofá. Craig chamou de imediato uma ambulância e ligou para a melhor amiga de Nicole, Gemma. A mulher acorreu de imediato a casa da amiga, tentou fazer-lhe manobras de reanimação, mas sem resultados. Quando a ambulância chegou ao local declarou a morte da mulher. Não foram encontrados sinais de violência, sangue, indícios de nada. Só mesmo o resultado da autópsia poderá indicar o que terá causado a morte desta mulher de 29 anos que sempre foi saudável.  "Ela estava em forma, era saudável e nunca teve nada de errado", contou Kim Jowett, prima de Nicole, ao jornal "Liverpool Echo".

A vida do casal, pais de quatro crianças, não estava fácil. Craig havia sido despedido semanas antes e estava de momento a fazer uma formação como vendedor de carpetes. Agora, sem a mulher, com quatro filhos a seu cargo, um deles autista, e outra ainda bastante pequena, terá ainda mais dificuldades no mercado de trabalho.

Cães pit bull matam bebé de 5 meses e irmã de dois anos. Mãe ficou gravemente ferida a tentar salvar os filhos
Cães pit bull matam bebé de 5 meses e irmã de dois anos. Mãe ficou gravemente ferida a tentar salvar os filhos
Ver artigo

A prima de Nicole está a tentar ajudar o marido e os filhos, tentando atrair doações para uma página de angariação de fundos que abriu online. Foi também esta prima que contou às autoridades como foi a manhã de Nicole, antes de morrer. "Ela foi buscar Delilah às 11h30 da manhã ao infantário e regressou a casa. Estava apenas a fazer tempo para voltar e ir buscar os outros filhos à escola. Mas acabou de falecer no sofá". Kim recordou que Nicole "era uma jovem absolutamente linda, sem pingo de maldade no corpo, uma mãe espantosa e fazia tudo com muito humor"

Os resultados da autópsia deverão ser conhecidos ainda esta semana.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.