Se trabalha por conta própria, temos boas notícias: a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) lançou este mês uma nova aplicação gratuita, que permite aos trabalhadores independentes, que prestem serviços a recibos verdes ou ato isolado, por exemplo, gerir todos os seus dados fiscais, única e exclusivamente, a partir do seu telemóvel. Chama-se ATGO e pretende simplificar o cumprimento de obrigações fiscais, tornando todos os procedimentos mais simples e intuitivos.

Neste "ponto único de acesso", como a AT o identifica, pode consultar o enquadramento em IVA e IRS, descobrir quais os códigos CAE e CIRS que se aplicam à sua atividade, emitir faturas, recibos e faturas-recibo e, claro, consultar todo o seu histórico e todos os documentos emitidos até ao momento.

Até quando tenho de validar faturas? E entregar o IRS? Quando chega o reembolso? Saiba tudo
Até quando tenho de validar faturas? E entregar o IRS? Quando chega o reembolso? Saiba tudo
Ver artigo

E o melhor? Pode ainda criar modelos de faturas pré-definidos (para clientes fixos, por exemplo), através de templates disponibilizados pelas Finanças. O que, em termos práticos, evita que este sempre a preencher manualmente campos como o nome ou o NIF, a morada de um cliente habitual ou até a alínea relativa ao IVA.

Sendo que, para facilitar ainda mais o processo, os utilizadores também podem consultar quem são os principais clientes, porque a aplicação apresenta o "top 5" dos adquirentes, de acordo com o jornal "Público".

Mas há mais novidades. Na ATGO - Gestão da Atividade, assim se chama a aplicação, poderá ainda acompanhar, através de um gráfico, a evolução dos rendimentos anuais e comparar com o valor do ano anterior. Tendo ainda a opção de comparar rendimentos e despesas, para uma melhor perceção do seu quadro financeiro.

Por enquanto, ainda não é possível classificar as despesas, mas a aplicação indica que essa funcionalidade estará "brevemente disponível".

ATGO
créditos: reprodução

Tudo indica que, em breve, seja possível criar uma espécie de agenda, onde cada utilizador pode criar alertas e avisos específicos para determinados prazos legais, como a entrega da declaração trimestral do IVA ou do imposto ao Estado.

Ao que se sabe, até à data, a aplicação está em constante mutação, já que tem vindo a ser aperfeiçoada em função da opinião dos utilizadores atuais. Por isso, importa que esteja atento à caixa de comentários nas plataformas Google Play e App Store, já que a própria equipa da AT utiliza o espaço digital para responder às principais dúvidas e problemas dos trabalhadores independentes.

"Foi disponibilizada uma nova versão com diversas correções. Sugerimos que atualize a app [aplicação] para a versão mais recente da store [loja], experimente e dê-nos o seu feedback" — esta foi a resposta da equipa face a um utilizador que alertava para o facto de a aplicação fechar inesperadamente, destacada pelo jornal "Público", para ilustrar o teor do apoio prestado.

De forma a melhorar a experiência dos novos utilizadores, a AT disponibilizou um vídeo no Youtube, com tudo aquilo que os utilizadores podem esperar da ATGO, a nova aplicação das Finanças.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.