Foi publicada uma novo fotografia que está a emocionar a internet por mostrar um coala a sofrer pela morte de outro colada durante os incêndios na Austrália. A imagem foi captada pela Humane Society International (HSI) durante os trabalhos de resgate de animais sobreviventes que tivessem sido afetados pelos incêndios.

Segundo escreve o jornal britânico "Independent", citando Kelly Donithan, uma das responsáveis pela HSI, esta tem sito uma imagem habitual à medida que as equipas de salvamento têm percorrido o Parque Nacional de Flinders Chase, na Austrália, em busca de animais indefesos.

Morreu o coala que foi resgatado das chamas na Austrália
Morreu o coala que foi resgatado das chamas na Austrália
Ver artigo

Desde que o fogo deflagrou na Austrália que as várias organizações em defesa da vida animal estimam que pelo menos metade da população de coalas na região (cerca de 60 mil), tenha morrido durante os incêndios visto que quase toda a ilha foi devastada.

À ABC News, Kelly Donithan não tem dúvidas de que a imagem do coala a sofrer pela morte do amigo é "particularmente dolorosa"  por retratar com crueldade aquela que tem sido a realidade na região nas últimas semanas.

"A imagem do coala junto à agua e ao corpo de outro coala é particularmente dolorosa. Os coalas sobreviventes têm pouca ou quase nenhuma energia e estamos a encontrá-los sentados no chão completamente exaustos ou completamente inconscientes. Muito frequentemente junto a outros corpos", explica.

Os coalas com vida que têm sido encontrados durante os trabalhos de resgate têm sido imediatamente transportados para centros de reabilitação urgente, mas a especialista receia que haja outras espécies em vias de extinção também tenha sido afetadas.

Fogos na Austrália. Seis histórias especiais que nascem da tragédia
Fogos na Austrália. Seis histórias especiais que nascem da tragédia
Ver artigo

Kingsley Dixon, ecologista da Universidade de Curtin, na Austrália, diz não se lembrar de um evento que tenha sido tão destruidor para a região. "Não creio que alguma vez tenhamos visto um evento único na Austrália que tenha destruído tanto habitat e levado muitas espécies à beira da extinção."

O ecologista Gyu Ballard, também ouvido pelo jornal "Independent", é da mesma opinião e diz que o cenário que foi encontrado durante os trabalhos de busca e salvamento era "devastador" e que nunca vai esquecer o cheiro "de animais mortos nas rochas".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.