Sally McGlynn é uma mulher de 38 anos de Shropshire, um condado na zona oeste de Inglaterra, que ficou com a mão esquerda tingida de preto depois de usar um par de luvas de couro. Tudo aconteceu enquanto passeava o cão no domingo de manhã, dia 22 de janeiro. Os dedos ficaram completamente tingidos e a cor só saiu depois de esfregar a pele durante 15 minutos.

Por esta altura, as temperaturas em Inglaterra obrigam a que a população ande sempre muito bem agasalhada e, tendo isso em mente, Sally decidiu colocar umas luvas de pele para ir passear o cão. Fazia-se acompanhar da mãe de 60 anos e das duas filhas, de 11 e 9 anos. O passeio demorou cerca de 45 minutos e, no caminho para casa, decidiu parar num posto de lavagem de cães para dar um banho ao Max.

O seu animal tem excesso de peso? Se sim, saiba como ajudá-lo com estes passos
O seu animal tem excesso de peso? Se sim, saiba como ajudá-lo com estes passos
Ver artigo

Por causa do frio, decidiu manter as luvas nas mãos durante a lavagem. “Um, para proteger as minhas unhas de lavar o cão e dois, para manter as minhas mãos quentes. Não me importava que as luvas se molhassem”, disse Sally ao “Daily Mail” sobre as razões de não ter retirado as luvas.

A lavagem durou cerca de 20 minutos e, quando chegou a altura de secar o animal, estava a ter dificuldades em segurar no secador porque tinha as luvas encharcadas. Decidiu então que estava na altura de as retirar.

“Arranquei uma luva com os meus dentes e a minha mãe tirou a outra”, explicou a mulher. Quando olhou para a mão esquerda, aquela que tinha estado em contacto com a água durante o banho do cão, apercebeu-se que estava completamente tingida de preto.

Sally e as filhas
créditos: Facebook

A mulher e a mãe desataram a rir e não foram capazes de acabar de secar o pobre Max. “Eu pensei que a minha mãe ia ter um ataque cardíaco, ela nem se conseguia levantar, ria tanto”, revelou a lesada.

“Quando vi a minha mão, o meu primeiro pensamento foi «oh meu deus, o que é que eu fiz? Como é que vou ser capaz de trabalhar com uma mão preta? Que raio é que as pessoas vão pensar?»”, explicou Sally. A família correu imediatamente para casa para tentar reverter a situação. No desespero do momento, publicou uma fotografia no Facebook a pedir dicas para solucionar o problema.

Enquanto esperavam por respostas, pegaram num esfregão de cozinha, em detergente líquido e numa mistura de lixívia, na esperança que fosse o suficiente para ter a mão de volta ao normal. Passados 15 minutos a esfregar, a mão estava praticamente como nova (tirando umas manchas à volta das unhas).

Ao ver a foto, os amigos de Sally no Facebook ficaram preocupados porque julgaram que ela tinha a mão queimada por causa do frio. "Aprendi certamente a minha lição. Nota para mim mesma, não uses luvas de couro quando voltares a lavar o Max”, concluiu.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.