“Posso ser a primeira mulher neste cargo, mas não serei a última”. Esta é uma das frases mais marcantes do primeiro discurso da primeira mulher vice-presidente eleita nos Estados Unidos, Kamala Harris. A frase que marcou o discurso de dez minutos, promete também vir a marcar a história do país.

Este sábado, 7 de novembro, foi dada a vitória das eleições dos Estados Unidos a Joe Biden — que conseguiu até mais dos 270 necessários para assegurar a Presidência — e a seu lado, no momento de glória após a derrota de Donald Trump, esteve a advogada de 55 anos, Kamala Harris.

Recordamos os 5 momentos marcantes do primeiro discurso da nova vice-presidente americana.

1. A importância de assegurar a democracia

Depois de ser recebida com um grande aparato de gritos e buzinas em Wilmington, no estado do Delaware, Kamala Harris optou por começar o discurso com uma citação. "A democracia não é o estado normal das coisas, é um ato".

A frase foi dita pelo congressista John Lewis — que morreu a 17 de julho e deixou um legado forte na luta pelos direitos civis dos afro-americanos —, mas continua a fazer sentido no momento em que a vice-presidente assume o poder na Casa Branca.

Harris relembrou ainda que a democracia americana "não está garantida" e que esta "é apenas tão forte quanto a nossa vontade de lutar por ela, de a proteger e de nunca a tomar por garantida".

2. A análise sobre um país fragilizado, mas com "espírito generoso”

No discurso de dez minutos da nova vice-presidente, que ocupa o lugar que anteriormente pertencia a Mike Pence, é ainda feita uma análise sobre os EUA nos últimos meses. Kamala Harris reconhece que o país tem enfrentado vários desafios, referindo-se quer à violência, quer à COVID-19 — que conta já com mais de 9 milhões de casos desde o início da pandemia, de acordo com os últimos dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins.

“Os últimos meses foram de dor, de perda, vimos as vossas preocupações e vossas lutas, mas também testemunhamos a vossa coragem e a vossa resiliência e o vosso espírito generoso”, diz.

Kamala Harris: Quem é a mulher escolhida por Joe Biden para a luta contra Donald Trump?
Kamala Harris: Quem é a mulher escolhida por Joe Biden para a luta contra Donald Trump?
Ver artigo

"Durante quatro anos, manifestaram-se e organizaram-se pela igualdade e pela justiça, pelas nossas vidas e pelo nosso planeta e, depois: votaram!”, continuou sobre outras lutas que têm sido enfrentadas pelos americanos, dando aso a um momento de fortes aplausos.

Kamala reforçou ainda a importância do ato eleitoral, que este ano permitiu virar uma página na história dos Estados Unidos. "Vocês escolheram a esperança, unidade, decência, ciência e, sim, verdade. Vocês escolheram Joe Biden como o próximo Presidente dos Estados Unidos da América”, afirmou.

3. As palavras sobre a valentia de Joe Biden

“Joe sabe sarar, sabe unir, tem a mão forte e segura e a sua própria experiência com a dor dá-lhe um sentido de missão que nos vai ajudar como nação a recuperar o nosso propósito", disse a primeira mulher eleita vice-presidente dos Estados Unidos da América.

Quando fala em "experiência com a dor", Kamala refere-se ao percurso de vida de Joe Biden, marcado por vários momentos negativos. Um deles aconteceu em 1972 — quando Biden tinha 29 anos — e diz respeito ao momento em que perdeu a primeira mulher, Neilia Hunter, e a filha mais nova, Naomi, num acidente de automóvel. Na viatura seguiam também os outros dois filhos, Beau e Hunter, mas sobreviveram ao impacto.

Mais tarde, em 2013, o filho mais velho, Beau Biden, foi diagnosticado com um tumor no cérebro e acabou por morrer em 2015. Quanto ao outro filho, Hunter, o historial de álcool e das drogas foram mais um desafio para Joe Biden.

No entanto, o atual presidente dos EUA acabou por superar todas as adversidades e refazer a vida ao lado de Jill Jacobs, com quem se casou em 1977, e que será agora primeira-dama dos Estados Unidos.

Sabendo de todo o historial do homem que vai liderar os EUA nos próximos quatro anos, Kamala Harris termina com um elogio: "É um homem com um grande coração”.

4. A inspiração de Kamala Harris

Para o cargo que acaba de assumir este sábado, 7 de novembro, a vice-presidente não quer lutar sozinha. Dirigiu, por isso, os últimos minutos do discurso às mulheres, mas primeiro para uma em especial: a mãe, Shyamala Gopalan Harris.

"Quando ela chegou cá, vinda da Índia, talvez ela não imaginasse propriamente este momento”, disse a nova vice-presidente. “Mas ela acreditava profundamente numa América em que um momento como este seria possível", contudo, Shyamala Gopalan Harris, que morreu em 2009, já não pôde assistir ao dia em que a filha se tornara na primeira mulher com um cargo de destaque na Casa Branca.

“Penso nela e nas gerações de mulheres — negras, asiáticas, brancas, latinas, índias — que ao longo da história da nação abriram o caminho para o momento desta noite”, disse e acrescentou: "Incluindo as mulheres negras, que são tantas vezes olhadas de lado, mas que tantas vezes provaram que são a espinha dorsal da nossa democracia".

Kamala Harris é um exemplo disso, possível graças ao facto de o agora 46.º presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a ter escolhido como vice-presidente, quebrando assim "uma das barreiras mais substanciais do nosso país", afirma Kamala.

5. Uma mensagem para os jovem que serão o futuro dos EUA

A vice-presidente deixa ainda uma mensagem para todas as crianças vão crescer com um país marcado pelas eleições presidenciais de 2020.

"Sonhem com ambição, liderem com convicção e olhem para vocês em perspetivas que os outros podem não conseguir, simplesmente porque nunca as viram antes", afirma.

Veja o discurso completo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.