Uma mamba-negra, uma das espécies de réptil mais venenosas do planeta, foi a responsável pela morte de uma adolescente. O caso passou-se no Zimbabwe. Melody Chiputura estava dentro da sala de aula quando sentiu uma picada na coxa. Avisou os professores e foi então que a cobra foi avistada dentro da sala.

Alguns alunos fugiram, outros, de acordo com o "Daily Mail", puxaram Melody para um canto, e os restantes mataram a cobra. A jovem foi levada de urgência para o hospital, mas morreria apenas 20 minutos depois.

Em declarações ao "The Herald Zimbabwe", o diretor do Rushinga High School , disse que a comunidade escolar está "em choque". "Não conseguimos perceber de onde é que esta cobra apareceu. As salas de aulas estão o mais afastadas possível do habitat natural destes reptéis", afiançou o responsável da escola.

Nativa da África subsaariana, a mamba-negra é a segunda cobra venenosa mais longa depois da cobra-real. As cobras adultas podem medem entre dois a três metros, mas já foram encontrados exemplares com 4,5 metros.

De acordo com a "National Geographic", a mamba-negra é um animal tímido, embora ataque quando se sente encurralado. O veneno, uma cardio e neurotoxina, é mortal para o ser humano em apenas 20 minutos, a não ser que seja administrado um anti-veneno.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.