A partir desde domingo, 15 de março, todas as viagens da Carris vão ser totalmente gratuitas. Esta e outras medidas fazem parte do novo plano de segurança e contingência da empresa no combate ao surto de COVID-19 em Portugal. E já estão a ser implementadas em todas as carreiras que, garante a empresa, não vão ser reduzidas.

Além de a oferta das carreiras se manter inalterada, as diferenças no serviço começam logo à entrada do autocarro. É que a partir de agora, e até nova ordem em contrário, todas as entradas no veículo vão ser feitas apenas pela porta de saída. A validação dos bilhetes é facultativa, o que na prática significa que as viagens passam a ser gratuitas, e os autocarros vão começar a parar em todas as paragens.

O objetivo é evitar que os clientes tenham de carregar no botão de stop, minimizando assim o contacto com várias superfícies que possam estar infetadas com o vírus.

COVID-19. É seguro pedir comida pela Uber Eats, Glovo ou a restaurantes que entregam em casa? Uma médica explica
COVID-19. É seguro pedir comida pela Uber Eats, Glovo ou a restaurantes que entregam em casa? Uma médica explica
Ver artigo

A medida de limitar as entradas à porta traseira tem como objetivo reduzir o contacto físico dos passageiros com os motoristas, e a empresa recomenda a todos os clientes da rede a adoção de "regras que já estão habituados a utilizado noutros modos, nomeadamente no Metropolitano e na CP, como deixar os passageiros sair primeiro antes de entrarem na viatura."

As medidas foram anunciadas este domingo no site oficial da Carris que, em comunicado, também vez saber que a venda de tarifas de bordo vão estar "suspensas tal como nos outros meios" da empresa. Já os carregamentos, em lojas e quiosques, deverão ser feitos exclusivamente através de cartão de multibanco.

"A partir de segunda-feira, 16 de março, o acesso às instalações da Carris implicará uma medição de temperatura. Já as transações comerciais na rede própria da Carris, lojas e quiosque, passam a ser realizadas exclusivamente por pagamentos com cartão", lê-se no site oficial da empresa.

No que toca aos ascensores e elevadores da Carris, o único que vai deixar de funcionar é elevador de Santa Justa. Os ascensores da Bica, da Glória e do Lavra, pelo contrário, vão permanecer em funcionamento — mas sem a venda de bilhetes a bordo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.