Nasceu um projeto que lista todos os serviços disponíveis para acolher cães e gatos, a pensar nos profissionais de saúde ou nas pessoas infetadas pelo COVID-19 que terão menos disponibilidade para tratar dos animais de estimação — evitando assim situações de abandono.

Chama-se #Animalar e foi criado pela comunidade  tech4COVID19, um movimento que surge da união de fundadores da comunidade tecnológica portuguesa e que nasce para dar resposta a desafios instalados pela pandemia do novo coronavírus.

“Quietinho Em Casa”. A plataforma onde todos podem pedir medicamentos ou comida para casa
“Quietinho Em Casa”. A plataforma onde todos podem pedir medicamentos ou comida para casa
Ver artigo

O projeto ganha vida num site que, além da listagem de associações, empresas de petsitting ou hotéis para animais, inclui ainda um guia com perguntas e respostas sobre como passear animais na rua, sobre se é possível haver contágio do novo coronavírus entre animais e humanos ou ainda sobre como cuidar de colónias de gatos.

Além do #Animalar, o tech4COVID19 tem ainda em curso cerca de 20 projetos, todos concentrados em dar resposta a problemas do panorama atual — para melhorar o rastreamento de redes de contágio, para facilitar videochamadas entre médicos e enfermeiros deslocados, para acelerar a compra de material hospitalar e lançar angariações de fundos para a compra desse mesmo material, ou ainda para criar um sistema que permita à população verificar os sintomas, sem ser necessário ir ao médico.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.