Há mais 12 mortes e 2.571  novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados este sábado, 14 de agosto, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico referente à evolução da crise sanitária no País.

A marcar a atualidade nacional estão as conclusões do relatório de monitorização das "linhas vermelhas" publicado esta sexta-feira, 13, pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) que mostram que, embora o ritmo de crescimento esteja a abrandar, e as infeções demonstrem tendência a decrescer, a mortalidade por COVID-19 em Portugal "manter-se-á provavelmente elevada".

Centros de vacinação de Loures e Odivelas estão abertos até à 1h (e com DJ)
Centros de vacinação de Loures e Odivelas estão abertos até à 1h (e com DJ)
Ver artigo

De acordo com o documento, a mortalidade por COVID-19 em Portugal —  que a 11 de agosto registou um valor de 18,6 óbitos em 14 dias por um milhão de habitantes — "está acima do limiar preconizado" pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, escreve o "Jornal de Notícias". 

Este fim de semana está também a ser marcado pela vacinação dos jovens com 16 e 17 anos. Além de todos os que agendaram a inoculação, também os que não o conseguiram fazer podem vacinar-se na modalidade "Casa Aberta". Ao todo, são mais de 212 mil os adolescentes que poderão tomar a primeira dose da Pfizer entre este sábado, 14 de agosto, e domingo, 15. 

Esta vacina, cujo intervalo entre doses, atualmente definido pela norma da DGS, é de 21 dias, foi escolhida com o objetivo de que no fim de semana de 5 e 6 de setembro os jovens voltem para receber a segunda dose de forma a terem a vacinação completa antes do início do ano letivo (que arranca entre 14 e 17 de setembro), lê-se na notícia já avançada pelo  "Diário de Notícias".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.