Há mais 155 mortes e 7.259 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados esta terça-feira, 12 de janeiro, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico.

Também esta terça-feira, 12, o primeiro-ministro e líderes partidários reúnem-se com o Infarmed para avaliar a situação epidemiológica em Portugal e decidir que medidas devem ser aplicadas no novo confinamento geral, que deverá entrar em vigor esta quinta-feira, dia 14 de Janeiro, às 00h. Marcelo Rebelo de Sousa que testou positivo à COVID-19 esta segunda-feira à noite não estará presente na reunião, uma vez que cancelou a agenda dos próximos dias.

Entretanto o Presidente da República recebeu o resultado de um novo teste que deu negativo, mas vai continuar em isolamento profilático e "aguarda a realização de um teste confirmativo", informa uma nota divulgada no site da Presidência na manhã desta terça-feira, 12.

Portugal pode chegar aos 15 mil casos diários já no final da semana
Portugal pode chegar aos 15 mil casos diários já no final da semana
Ver artigo

Ainda sobre o novo confinamento, a Associação da hotelaria, restauração e similares de Portugal (AHRESP) apelou ao Governo esta segunda-feira que os serviços de take-away, entregas ao domicílio e drive-thru sejam mantidos e lembra as empresas que devem manter as regras de higiene e segurança do Guia de Boas Práticas AHRESP.

Em comunicado, a AHRESP reforça ainda a necessidade de um "novo quadro de apoio para novo confinamento" e que o "alojamento e restauração devem ser elegíveis ao novo Programa de Apoio à Produção Nacional".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.