Há mais 41 mortes e 718 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados este domingo, 28 de fevereiro, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico.

Foi também divulgado este domingo, 28, que em 2020 os três hospitais do Instituto Português de Oncologia (IPO) realizaram menos 3.100 cirurgias oncológicas do que no ano anterior, número mais acentuado no IPO do Porto, que realizou menos 2.127 cirurgias do que em 2019. Também os doentes referenciados diminuiu, um valor que corresponde a menos 2.380 pessoas sinalizadas pelos centros de saúde para os IPO, de acordo com a TVI24, que cita a agência Lusa.

Plano de desconfinamento será apresentado a 11 de março. Escolas terão prioridade
Plano de desconfinamento será apresentado a 11 de março. Escolas terão prioridade
Ver artigo

Outro impacto da pandemia diz respeito aos recursos humanos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que terminou o ano passado com menos 945 médicos (contando com os internos) do que aqueles que começaram o ano nos hospitais públicos. Destes 945, um total de 758 médicos deixaram o SNS após o início da pandemia em Portugal.

Os dados do Portal da Transparência do Ministério da Saúde, indicam ainda que em janeiro deste ano houve uma recuperação, uma vez que entraram cerca de 60 médicos, permitindo terminar o mês com 20.287 médicos (sem internos).

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.