Há mais duas mortes e 1568 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. 1039 casos foram registados em Lisboa e Vale do Tejo. São estes os dados divulgados este sábado, 26 de junho, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico referente à evolução da crise sanitária no País.

A marcar a atualidade nacional está ainda a vacinação indevida no Porto. Durante os dois dias em que no Cerco funcionou uma operação de vacinação de "porta aberta" sem limite de faixa etária, mais de uma centena de jovens com menos de 30 anos terão sido indevidamente vacinados contra a COVID-19, noticia o "Público" com base na informação dada por uma fonte do grupo de trabalho que gere a operação a nível nacional.

Travão no desconfinamento. Restaurantes voltam a fechar às 15h30 ao fim de semana, em Lisboa e não só
Travão no desconfinamento. Restaurantes voltam a fechar às 15h30 ao fim de semana, em Lisboa e não só
Ver artigo

O vice-almirante Henrique Gouveia e Melo classificou a situação como um "ato de indisciplina" e de "desobediência clara" e ordenou de imediato a comunicação da situação à Polícia Judiciária (PJ)  e à Inspeção-Geral das Atividades em Saúde.

Sabe-se agora também que a vacinação contra a COVID-19 de estudantes universitários portugueses que vão fazer Erasmus no próximo semestre vai ser antecipada, confirmou fonte da task-force ao jornal "Observador".

Deste modo, os estabelecimentos de ensino superior encontram-se agora a identificar os estudantes que vão fazer programas de mobilidade no primeiro semestre do próximo ano letivo e a remeter essas listagens para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, escreve o mesmo jornal. O objetivo é que depois disso as listagens sejam enviadas ao grupo de trabalho responsável pela vacinação para que se dê inicio ao processo de inoculação dos estudantes.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.