Começa-se de pé, depois elevam-se aos mãos ao teto para mais tarde as baixar até aos pés. As pernas vão para trás em prancha e todo o corpo desce até ao chão. De seguida é o peito que se eleva para depois serem as ancas, de maneira a formarmos um V invertido. Os pés caminham até às mãos e o corpo volta à vertical.

Cada passo, em separado, parece simples. Mas a verdade é que esta sequência, a que se dá o nome de saudação ao sol, consiste em 12 posturas de ioga. É, por isso, uma prática completa e que pode — e deve — ser adaptada ao ritmo e à condição física de cada um.

E se uma sequência já é considerado um exercício eficiente, imagine 108. Mas é essa exatamente a proposta de Jean-Pierre Oliveira, o professor de ioga que tem vindo a mexer o mundo do ioga em Portugal. Foi dos primeiros a dar a conhecer o Hot Ioga ao País, uma prática feita numa sala a quase 40 graus, mas a verdade é que mesmo numa sala a temperatura ambiente, a intensidade das suas práticas está sempre lá. Abriu o Yoga Spirit, em Xabregas, Lisboa, é lá que dá as suas aulas, assim como formação de professores.

Agora, e para acabar o ano em grande, propõe que, quem estiver interessado, se junte a si numa sequência de 108 saudações ao sol. "As 108 saudações são uma prática transformadora, ideal para limpar o corpo e o espírito do que já não interessa e renovar as energias", explica Jean Pierre à MAGG.

Mas porquê 108? São várias as razões para que este seja considerado um número sagrado no hinduísmo e no ioga. Os estudos do ioga dizem que existiram 108 locais sagrados na Índia e a Ayurveda diz que existem 108 pontos sagrados no corpo.

Baraza Studio. O estúdio de ioga mais bonito de Lisboa fica em Santos
Baraza Studio. O estúdio de ioga mais bonito de Lisboa fica em Santos
Ver artigo

Em astronomia, a distância entre o Sol e a Terra será de aproximadamente 108 vezes o diâmetro do sol. Em numerologia, 108 equivale a 9, número que simboliza o amor incondicional, a eternidade e o despertar. Tradicionalmente os malas (rosários hindus), têm 108 contas. Convencido?

Esta é uma prática que deve ser feita no solstício, mas Jean-Pierre considera que o fim do ano é também uma altura propícia. "É perfeito para terminar um ciclo e começar outro".

A aula comunitária — que começa dia 31 de dezembro às 10 horas nos Anjos70, em Lisboa — desenvolve-se ao longo de quatro sequências, cada uma com nove blocos de 12 saudações ao sol. Entre cada um dos blocos o professor convidará os participantes a meditar para recuperar forças e energia. 

As inscrições podem ser efetuadas através do email info@yoga-spirit.pt. O pagamento é feito por donativo livre e cada participante decide o valor.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.