Até agora, com o mesmo identificador da Via Verde, podia pagar as portagens na autoestrada, abastecer o carro em postos de combustível selecionados ou pagar estacionamento, mas, a partir do próximo ano, a empresa do grupo Brisa vai separar o pagamento das portagens dos restantes serviços da Via Verde.

Preços dos combustíveis descem esta semana. Saiba quanto vai pagar para abastecer o carro
Preços dos combustíveis descem esta semana. Saiba quanto vai pagar para abastecer o carro
Ver artigo

A partir de 5 de janeiro, vai existir um serviço só para pagar portagens — Via Verde Autoestrada —, com preços iguais, mas quem quiser alargar a oferta terá de gastar mais, avança esta terça-feira, 7 de dezembro, o "Diário de Notícias" . 

Via Verde Mobilidade é nova nova opção que "dará acesso a todos os serviços existentes, bem como a novos serviços e benefícios que a Via Verde Portugal venha a criar", referiu a empresa em informação enviada aos clientes. Entrar e sair de parques de estacionamento cobertos ou na rua sem ter de usar a máquina, carregar veículos elétricos, pagar viagens de ferry entre Setúbal e Tróia ou efetuar compras no McDonald's são algumas das opções que transitam para a nova modalidade, lê-se na notícia do "DN".

Os clientes Via Verde estão a ser transferidos automaticamente para a nova modalidade, que será, a partir de janeiro, mais cara do que a opção apenas com portagens. Caso não queriam pagar mais, têm de comunicar a decisão por escrito, avança o mesmo jornal.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.