É tão fácil ir a um centro comercial comprar uma t-shirt, quanto ir a um site e colocar aquela que queremos no carrinho virtual. A (grande) diferença está no impacto de ambas as compras. A primeira é mero consumo e contribui para a indústria da moda, já a segunda contribui para uma causa se o fizer na loja da SOS Animal.

A associação nasceu há 14 anos legalmente (embora já existisse desde 2004) com objetivo de "criar consciência para todos os problemas que existem para os animais e ambiente" e uma missão, implementada no Hospital Veterinário Solidário, de "recolha, tratamento e encaminhamento dos animais para adoção", refere Sandra Duarte Cardoso, presidente da direção da SOS Animal, à MAGG.

Ana Catharina. "Se os humanos não comessem animais, não passávamos por uma pandemia"
Ana Catharina. "Se os humanos não comessem animais, não passávamos por uma pandemia"
Ver artigo

Ambas as áreas de atuação exigem muitos recursos, e para fazer face aos mesmos e continuar o trabalho de defesa dos animais, há algum tempo a associação criou uma loja solidária — que complementa os donativos que podem ser feitos em qualquer altura.

Há artigos para todos, incluindo para os animais de estimação, como não podia deixar de ser. Exemplo disso é a almofada de calor para cães, gatos e pequenos animais. Já para as as crianças da família, há um dominó da bicharada e os adultos, que nunca dizem "não" a um café pela manhã, têm uma caneca reutilizável na nova gama.

Tendo em conta que o ambiente é também uma das preocupações da SOS Animal, os produtos da loja estão alinhados com esta visão. "A nossa loja tem sempre uma preocupação em ser sustentável, orgânica, biodegradável", diz Sandra, acrescentando que tentam sempre apostar em materiais nacionais, como é o caso das T-shirts.

Mas há outros artigos famosos pela loja online e a que ninguém resiste. "Os itens [mais comprados] desta coleção foram as garrafas de água, com uma rolha em madeira que isola completamente e mantém a água fresca e sem cheiros, e os carregadores em bambu. Ou seja, depois de já não servir para o efeito ou se estragar, o impacto no ambiente é muito mais reduzido", destaca a presidente da direção.

Se andava a adiar a compra de uma garrafa reutilizável há algum tempo por não saber se já tinha encontrado aquela que seguirá consigo para a vida, chegou a sugestão certa, já que além de ajudar o ambiente, vai estar a ajudar os animais.

"O objetivo é financiar o tratamento dos animais e a organização, quer seja na sua expansão, campanhas ou na divulgação dos vários problemas que tentamos combater, como o desaparecimento das espécies pela caça, a destruição de habitats, o abandono, os maus tratos", enumera Sandra, lista esta que não fica por aqui.

Para ajudar em cada uma das missões da SOS Animal, veja alguns dos artigos que pode comprar na loja — na qual também é possível apadrinhar um animal ou tornar-se sócio da associação — que além de solidários, dão jeito (e estilo) ao dia a dia.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.