Esta sexta-feira, 12 de agosto, um grupo de amigos ia de barco para a cidade de Olhão, com a finalidade de assistirem a um concerto do artista Dillaz. Os planos foram alterados devido a uma tragédia, que tirou a vida a uma das jovens desse mesmo grupo.

Beatriz José, de 17 anos, não resistiu aos ferimentos causados pela colisão do táxi marítimo em que seguia com uma outra embarcação de recreio. O acidente aconteceu pelas 21h45 da noite de sexta-feira, quando ambos os barcos estavam num canal da ria Formosa.

Homicídios, assaltos e a detenção num McDonald's em Espanha. Saiba mais sobre o casal de criminosos portugueses
Homicídios, assaltos e a detenção num McDonald's em Espanha. Saiba mais sobre o casal de criminosos portugueses
Ver artigo

Uma outra jovem de 18 anos ficou ferida. Ambas as raparigas foram resgatadas por um outro táxi marítimo, que as transportou até ao cais de Olhão, onde estavam uma ambulância e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação do INEM, assim como dá conta o "Correio da Manhã".

Ambas foram assistidas pelos elementos do INEM e posteriormente transportadas para o Hospital de Faro, mas Beatriz José não resistiu aos ferimentos graves, tendo acabado por morrer.

As circunstâncias desta colisão "estão a ser alvo de investigação por parte da Polícia Marítima", conforme disse o comandante da Capitania do porto de Olhão, André Morais, ao "Correio da Manhã".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.