É uma dos episódios mais populares entre os famosos vídeos de "apanhados" na televisão: um senhor, cuja casa está prestes a ser apanhada por um fogo, que profere a célebre fase "vou ter de abandonar, tenho uma consulta às cinco." E depois pisca o olho.

No Dia Mundial da Televisão, que se celebrou no sábado, 21 de novembro, a RFM recordou o momento com a publicação da imagem do senhor no Instagram, com a legenda: "O homem que marcou a televisão portuguesa com uma frase."

E é depois disto que se fica a saber. Entre várias reacções a celebrarem o episódio, surgiu um comentário inesperado: Maria Campos, filha do autor da frase, cujo nome se desconhece, escreveu que o pai morreu este ano.

Este senhor faleceu este ano. Meu querido e estimado pai. Queria, um dia, ir à televisão contar as suas histórias de vida, mas não lhe deram oportunidade. Mas sem querer ficou famoso para o mundo. Beijos a todos.

Não foi a única familiar a intervir na caixa de comentários. Bruno Guedes, sobrinho, também recordou o tio: "As pessoas só morrem quando a última pessoa que ainda pensa nelas parte. Ficará para sempre nas memórias da nossa família e dos portugueses por este momento. Que seja lembrado por muitos anos, mesmo que por uma frase“.

Tinha 78 anos e, pouco depois da sua morte, faleceu também a sua companheira, de 80. Maria Campos aproveitou o momento para desvendar a serenidade do pai no vídeo em questão: "Todos os anos era normal arder. Como estava controlado e tinha lá pessoas, o meu pai tinha uma consulta que precisava muito dela e então decidiu deixar ou abandonar. Tinha de ir para seu benefício“.

Também uma vizinha comentou: "Este senhor era meu vizinho e infelizmente faleceu este ano", escreveu. "Muito boa pessoa."

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.