Este domingo, 26 de novembro, Ana Hickmann quebrou o silêncio em relação aos detalhes da agressão cometida pelo marido, Alexandre Correa. Em entrevista com Carolina Ferraz, que está aos comandos do programa "Domingo Espetacular", emitido na Record TV, a apresentadora brasileira confessou que, além do incidente de violência física, também terá sido vítima de violência psicológica durante anos.

"Escutei muito que estava gorda", começou por dizer Ana Hickmann. "Ele dizia: ‘ninguém vai te querer velha. Está gorda. Ninguém quer uma Ana Hickmann velha'", continuou, reproduzindo as palavras do marido, o empresário Alexandre Correa, que até lhe terá incentivado a submeter-se a procedimentos estéticos (e não só), segundo o "Metrópoles".

Na verdade, a apresentadora avançou que o companheiro, que já deu entrada com os papéis de divórcio, exercia um controlo total sobre a sua agenda. "Determinava o dia da academia, do médico, me pressionava para fazer cirurgia plástica", confessou a comunicadora, acrescentando que chegou a um ponto de rutura em que parou de permitir que isso acontecesse. "Eu disse: ‘chega, não sou um objeto'", frisou.

Descrevendo Alexandre Correa como "preconceituoso", "agressor", "covarde" e "canalha", Ana Hickmann também revelou o que aconteceu a 11 de novembro, o dia em que as autoridades foram chamadas à sua mansão, em Itu, no interior de São Paulo, depois de o marido a ter encostado à parede e ameaçado dar-lhe cabeçadas.

O casal envolveu-se numa discussão acesa, graças a algumas dívidas – e a situação terá escalado rapidamente. "Ele [Alexandre Correa] veio na minha direção. Ele não me acertou [com uma cabeçada] porque eu esquivei", relatou a apresentadora, que acrescentou que o companheiro lhe terá entalado o braço com a porta da cozinha, segundo o "Metro World News".

"Eu comecei a gritar. Eu gritava por socorro. Gritava [para o filho, que se havia afastado do local] 'chama a polícia'. Gritava 'liga no 190' [o equivalente ao 112]", continuou a comunicadora. Depois de se conseguir fechar nessa divisão, ligou para o número de emergência, que foi rápido a atender. "Ainda bem que existe o 190, se não ele teria pulado a janela e eu não sei o que teria acontecido", diz, referindo-se ao marido, que estava a tentar alcançá-la através da janela.

Ana Hickmann revela detalhes de agressão cometida pelo marido. "Eu fiquei com medo dele"
Ana Hickmann revela detalhes de agressão cometida pelo marido. "Eu fiquei com medo dele"
Ver artigo

Quanto às dívidas, a apresentadora não entrou em detalhe, mas diz que são coisas que "nunca esperava encontrar", que vão de documentos a cheques e muitas coisas cujas assinaturas não conseguiu identificar. "[Eram] valores que eu falei 'não é possível'", afiançou Ana Hickmann, acrescentando que o parceiro vai ser alvo de "uma grande investigação por fraude, desvio de dinheiro e falsidade ideológica".

Ana Hickmann casou-se com Alexandre Correa em 1998, aos 16 anos e com autorização dos pais por ainda ser menor. O casal, que está junto há 25 anos, tem um filho em comum, Alexandre Júnior, 9 anos. Na sequência da agressão, o empresário deu entrada com um pedido de divórcio, no qual divulgava o património da apresentadora, avaliado em 28 milhões de reais (o equivalente a mais de cinco milhões de euros).

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.