"A Emília já agarra em nós". Foi assim que Ana Moura anunciou, esta quarta-feira, 4 de maio, que a filha, Emília, fruto da relação com o músico Pedro Mafama, já havia nascido. Os internautas renderam-se à ternura de um vídeo partilhado no Instagram da artista, mas dificilmente previam quais os próximos planos na agenda desta menina recém-nascida. Não é que a bebé já marcou presença numa cerimónia de prémios?

Fadista Ana Moura já é mãe — e a notícia foi partilhada de forma encantadora
Fadista Ana Moura já é mãe — e a notícia foi partilhada de forma encantadora
Ver artigo

A 4.ª gala dos Prémios Play, que celebram o talento nacional na área da música, aconteceu esta quinta-feira, 5, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e foi o evento escolhido para a primeira aparição pública de Ana Moura desde que foi mãe.

Um dia depois de revelar a novidade, a fadista decidiu ir ao evento na companhia da filha recém-nascida e recorreu às redes sociais para partilhar um gesto específico da organização.

É que a bebé teve direito à própria acreditação (com direito a nome, claro) para o evento e foi através de um curto vídeo nos stories da aplicação (conteúdo que desaparece no período de 24 horas) que a artista comunicou que a recém-nascida Emília também andava algures nos bastidores do Coliseu dos Recreios.

Ana Moura
créditos: Instagram / reprodução

Ana Moura arrasou com um vestido justo em latex

Ainda antes de comunicar a presença da bebé no evento, já Ana Moura estava no centro de todas as atenções. Primeiro, porque, lado a lado com Gisela João, arrecadou o maior número de nomeações. Depois, porque escolheu um visual arrojado para este regresso ao 'olho público'.

Para assinalar a data, a fadista escolheu um vestido em latex — e o modelo, justo e em azul metálico, a par da silhueta e elegância, valeu-lhe dezenas de elogios. "Tão bonita", escreveu Catarina Miranda, na publicação em que Ana Moura revelou o look eleito para a ocasião. "Tu não tiveste essa criança. Tu cantaste-a", rematou Rita. Ferro Rodrigues.

A fadista estava nomeada para Melhor Artista Feminina e, ainda, Melhor Canção do Ano e Melhor Videoclipe, com o tema "Andorinhas". Arrecadou dois do três prémios para os quais estava nomeada.

Ana Moura e André Caniços levaram para casa o prémio de Melhor Videoclipe, já depois de a fadista ter recebido o título de Melhor Artista Feminina, para o qual concorriam Bárbara Tinoco, Gisela João e Nenny.

Ana Moura
créditos: RTP

No total, foram entregues 13 prémios aos melhores projetos, grupos e artistas da música nacional.

Espreite a lista completa de vencedores

Melhor Artista Feminina

  • Ana Moura

Melhor Artista Masculino

  • Dino D’Santiago

Melhor Grupo

  • The Black Mamba

Melhor Videoclip

  • "Andorinhas", de Ana Moura, com a orientação de André Caniços

Melhor Álbum de Jazz

  • "Unlimited Dreams", dos João Lencastre’s Communion

Melhor Álbum de Fado

  • Camané com "Horas Vazias"

Prémio Lusofonia

  • Paulo Flores

Prémio da Crítica

  • Dino D’Santiago com o álbum "Badiu"

Prémio Artista Revelação

  • EU.CLIDES

Prémio Melhor Álbum Música Clássica/Erudita

  • Os pianistas Luís Duarte e Lígia Madeira com o álbum "Portuguese Music For Piano Duo"

Prémio Melhor Álbum

  • Jorge Palma, com "70 Voltas ao Sol"

Prémio Carreira 2022

  • Simone de Oliveira

Prémio Vodafone Canção do Ano

  • "Onde Vais", de Bárbara Bandeira e Carminho

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.