A atriz Nicki Aycox morreu na passada quarta-feira, 16 de novembro, aos 47 anos. Há um ano, tinha sido diagnosticada com leucemia. Um dos principais papéis que desempenhou foi o de Meg Masters na série da CW "Sobrenatural", emitida entre 2005 e 2020.

Na biografia da conta pessoal de Instagram, Aycox descrevia-se como uma "antiga atriz", "a lutar contra a leucemia", "amante da natureza" e "chef vegana". Além de "Sobrenatural", participou na série "Dark Blue" e em filmes como "Perfect Stranger", "The X-Files: I Want to Believe", "Jeepers Creepers 2" e "A Casa dos Pássaros Mortos".

"Sobrenatural" chega ao fim depois de 15 temporadas — e foram os irmãos Winchester a anunciar o final
"Sobrenatural" chega ao fim depois de 15 temporadas — e foram os irmãos Winchester a anunciar o final
Ver artigo

Foi apelidada de "lutadora" pela cunhada, Susan Raab Ceklosky, numa publicação no Facebook. "A minha linda, inteligente, destemida, incrivelmente talentosa e amável cunhada, Nicki Aycox Raab, morreu ontem com o meu irmão, Matt Raab, ao seu lado", pode ler-se.

"A Nicki e o Matt tiveram uma vida maravilhosa juntos na California. Ela era definitivamente uma lutadora e todos os que a conheciam amavam-na", concluiu Susan Raab Ceklosky, aproveitando para partilhar algumas imagens de Nicki Aycox, que nasceu no estado americano de Oklahoma em 1975.

Em "Sobrenatural", Aycox assumiu o papel de Meg Masters durante quatro episódios da primeira temporada e mais um na quarta. Também o criador da série, Eric Kripke, recorreu às redes sociais para deixar os sentimentos. "Demasiado nova. Ela era encantadora", escreveu.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.