Jamie Spears, pai da cantora norte-americana Britney Spears, foi suspenso das funções de responsável pela tutela da filha. A decisão foi tomada pela juíza Brenda Penny. Na última audiência no tribunal de Los Angeles, esta quarta-feira, 29 de setembro, a juíza aceitou a petição interposta por Mathew Rosengart, representante legal da cantora em tribunal.

Britney Spears está oficialmente livre da tutela do pai? Saiba tudo sobre a reviravolta no caso
Britney Spears está oficialmente livre da tutela do pai? Saiba tudo sobre a reviravolta no caso
Ver artigo

"Britney Spears merece acordar amanhã sem ter o seu pai como tutor", disse em tribunal Mathew Rosengart." [Jamie Spears] deve ser suspenso a 29 de setembro, e a custódia deve terminar rapidamente", continuou o advogado, que assumiu a defesa de Britney Spears na batalha legal, cargo anteriormente ocupado por Samuel Ingham, que representava a cantora desde 2008.

A juíza Brenda Penny concordou, admitindo que "a situação não é sustentável" e, ainda, que a tutela de Jamie Spears espelhava um "ambiente tóxico". 

Por decisão do tribunal, Jamie Spears deixa de assumir a controlo e gestão da vida privada e das finanças da filha, mas a supervisão, sob a qual Britney Spears vive há 13 anos, continua a vigor.

A necessidade (ou não) da tutela continua em debate, no entanto, até à próxima audiência, prevista até ao final deste ano, as decisões legais da vida da cantora norte-americana serão tomadas por profissionais, adianta a agência de notícia AFP, citada pelo jornal "Expresso".

Britney Spears está (quase) livre! Pai da cantora decidiu deixar de ser seu tutor
Britney Spears está (quase) livre! Pai da cantora decidiu deixar de ser seu tutor
Ver artigo

James P. Spears garante que sempre zelou pelos interesses da filha. No entanto, ao longo dos anos, a cantora de 39 anos foi dando sinais de que queria recuperar a liberdade e assumir o controlo da própria vida, alegando viver sob uma "tutela abusiva".

Recorde-se de o pai da cantora, que a 12 de agosto tinha declarado estar disposto a colaborar numa "transição ordeira" para um novo tutor legal, entregou, a 7 de setembro, um requerimento à justiça norte-americana, onde pedia que a necessidade de manter a tutela legal da cantora fosse reavaliada.

Jamie Spears alegou que, se Britney Spears “acredita que pode cuidar da sua própria vida, então deve ter essa oportunidade”, "sem as restrições de uma tutela ou de procedimentos judiciais”.

Até à data, a cantora Britney Spears, recentemente noiva de Sam Asghari, namorado de longa data, ainda não se pronunciou sobre os novos contornos legais, no que à sua tutela diz respeito.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.