Os filhos dos atores brasileiros Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo este sábado, 30 de julho, no Clássico Beach Club by Olivier, na Costa da Caparica. Giovanna Ewbank já falou publicamente sobre o assunto, numa entrevista em que não consegue esconder a emoção ao lembrar o racismo de que a família foi alvo.

"Foi a primeira vez que a minha filha me viu a combater o racismo de frente. Porque a gente fala muito sobre isso para eles. Mas ela nunca me tinha visto a combater de frente, como foi feito. Ela ficou muito assustada. O Bless não percebeu muita coisa, porque ele estava a brincar, mas a Titi entendeu tudo", disse Giovanna Ewbank ao "Fantástico", programa da TV Globo.

Na entrevista o casal contou toda a história do que aconteceu no restaurante e bar de praia, onde afirmam que gostam muito de ir.

"Eles estão na praia brincando e, de repente, uma das crianças subiu e falou para gente o que tinha acontecido. E aí a gente ficou chateado, bem chateado. E começou... E vocês viram aquelas imagens", disse Bruno Gagliasso, referindo-se aos vídeos virais que circulam na internet desde sábado, 30.

"A mulher estava dizendo muitas coisas. Entre elas, dizendo 'pretos imundos', 'voltem para a África'", continuou Giovanna, que confrontou a mulher em causa.

"Acho que ela nunca esperava que uma mulher branca fosse combatê-la como eu fui, daquela maneira. Eu sei que eu, como mulher branca, indo lá confrontá-la, a minha fala vai ser validada. Eu não vou sair com a louca, a raivosa, como acontece com tantas outras mães pretas, que são leoas todos os dias, assim como eu fui nesse episódio", disse ao mesmo programa brasileiro e ambos deixam a questão.

"O que será que teria acontecido se for se fôssemos pretos, eu minha mulher?", disse Bruno. "Teria essa atenção toda se fôssemos pais pretos de crianças pretas?", questiona a mãe de Títi e Bless.

13 celebridades que já foram vítimas de racismo
13 celebridades que já foram vítimas de racismo
Ver artigo

A verdade é que o que aconteceu teve uma grande repercussão e a família da atriz tem recebido uma grande onda de apoio, incluindo do candidato à presidência do Brasil, Lula da Silva.

"Nenhuma mãe ou pai merece ver seus filhos sendo vítimas de xingamentos racistas. Minha solidariedade a Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, sua família e também aos turistas angolanos que sofreram ataques racistas ontem. Vamos construir um mundo sem racismo", escreveu no Twitter.

Outras celebridades, como a atriz brasileira Bruna Marquezine, a jornalista e humorista Maíra Azevedo e o influencer Felipe Neto, também deixaram uma mensagem de admiração pela atitude de Giovanna.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.