José Mata, de 35 anos, está a atravessar um período feliz na sua carreira profissional e também na vida pessoal. Em entrevista à MAGG, o ator, que dá vida a Tomás na telenovela "A Serra", da SIC, fala sobre o seu romance com a também atriz Isabela Valadeiro, e revela que em breve pretendem mudar de casa para viverem juntos.

O ator começa por dizer que se sente privilegiado por fazer parte do elenco da produção da estação de Paço de Arcos em plena pandemia da COVID-19. "Fazemos o nosso trabalho para o público e o público agradece continuar a ter produtos de ficção frescos. A indústria não parou por causa da pandemia e nós somos uns privilegiados, porque não estamos em casa. Tenho amigos que tiveram de procurar outros trabalhos", afirma.

João Paulo Sousa. O homem dos sete ofícios que chegou a enviar o CV para um supermercado
João Paulo Sousa. O homem dos sete ofícios que chegou a enviar o CV para um supermercado
Ver artigo

Mas José Mata confessa que, ultimamente, tem sido difícil cruzar-se com a namorada nas gravações da novela e que está pronto para dar o próximo passo na relação que já dura há cerca de dois anos. "A Isabela faz parte de um núcleo de atores diferente do meu, por isso raramente nos cruzamos nas gravações", disse, acrescentando que ambos se preparam para a nova fase da vida, em que tencionam viver juntos.

Ainda sobre "A Serra", o ator diz à MAGG que está satisfeito em interpretar um jovem de 28 anos que vive na montanha e que gosta de fazer todo o tipo de desportos radicais. Mas confessa que tem maior gozo em dar vida a vilões, por serem mais desafiantes e diferentes da sua personalidade.

"Fazer o papel de mau dá-me um gosto especial, até porque o faço menos vezes. Também porque acabam por ser personagens mais diferentes de mim e porque têm sempre esquemas maquiavélicos", salienta.

Para o intérprete, que acredita ser a opinião de muitos outros profissionais da sua área, as gravações são um escape e uma forma de não pensar nas consequências que a pandemia do novo coronavírus tem tido no setor da cultura. Ainda assim, planeia fazer uma pausa na ficção nacional para se dedicar ao teatro. "Daqui a um mês começo a ensaiar a peça 'Uma Casa de Bonecas' e vou estar a fazer a novela e no teatro ao mesmo tempo, algo que ja não fazia há muito tempo".

Cenas de sexo com Júlia Palha são "essenciais" para a história da novela

Questionado sobre as cenas de sexo que tem protagonizado com Júlia Palha na telenovela da SIC, José Mata afirma que têm especial importância para acrescentar pormenores ao desenvolvimento da trama. "São cenas que fazem parte e que são essenciais para contar uma historia de amor", disse, acrescentando ainda que todo o elenco realiza testes de despiste à COVID-19 semanalmente para que o trabalho possa acontecer de forma bem-sucedida.

Sobre o balanço que faz da sua carreira, o rosto da SIC garante que está "feliz" pelo que já conquistou. "Estou sempre a pensar no que vem a seguir e quero fazer muitas coisa, mas neste momento estou feliz e as coisas têm corrido bem", afirma. Ainda assim, conta à MAGG que o menos bom na sua profissão é a exposição nas redes sociais.

"As pessoas estão constantemente a destilar ódio nas redes sociais, mas eu quase que não leio comentários, tanto os bons como os maus. Por isso, não me influencia e sei distinguir muito bem as cosias. Sei que há pessoas que não gostam de me ver, mas é a opinião delas", remata.

Percorra a galeria de fotos.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.