Num novo clipe de antevisão da entrevista de Harry e Meghan Markle a Oprah Winfrey, a duquesa de Sussex acusa a família real britânica, que descreve e assemelha a "uma empresa", de "perpetuar mentiras" sobre os dois.

Embora a entrevista ainda não tenha sido lançada, sabe-se que a resposta surge depois de Winfrey perguntar a Markle como é que crê que o Palácio de Buckingham irá reagir às revelações do casal. "Não sei como é que eles podem esperar que, depois de todo este tempo, continuemos em silêncio numa altura em que há um papel ativo por parte da empresa em perpetuar mentiras e falsidades sobre nós", diz Meghan Markle.

Harry e Meghan levaram a família real "à loucura". Livro explosivo revela pormenores inéditos
Harry e Meghan levaram a família real "à loucura". Livro explosivo revela pormenores inéditos
Ver artigo

"Se com isso [referindo-se à entrevista] se juntar o risco de perder coisas... Bom, digamos que já houve muita coisa que se perdeu", lamenta. O vídeo, de apenas 30 segundos, foi divulgado na noite desta quarta-feira, 3 de março, depois de o Palácio de Buckingham ter feito saber que iria investigar as situações de bullying de que Meghan Markle diz ter sido vítima.

A acusação da duquesa surge depois três funcionários do Palácio se terem queixado, ainda que anonimamente, de bullying perpetuado por Meghan, lê-se na reportagem do "The Times". A ex-atriz foi descrita pelos queixosos como "demasiado exigente" e por mostrar sempre um alegado estado de constante insatisfação.

Face a estas acusações, o porta-voz do casal diz que "não há qualquer coincidência no facto de serem agora reveladas acusações com o objetivo de menosprezar os duques numa altura em que se sabe que será lançada uma entrevista honesta sobre o que viveram ao longo destes anos".

A entrevista de Harry e Meghan a Oprah Winfrey vai ser emitida este domingo, 7 de março, no canal americano CBS.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.